Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5065
Title: CONTROLE DE QUALIDADE DO PROCESSO DE PRODUÇÃO DE MUDAS CLONAIS DE EUCALIPTO
metadata.dc.creator: KUBOYAMA, F. A. Q.
Keywords: 1;Atividade florestal;2;Ferramentas da qualidade;3;Cont
Issue Date: 14-Jul-2015
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: KUBOYAMA, F. A. Q., CONTROLE DE QUALIDADE DO PROCESSO DE PRODUÇÃO DE MUDAS CLONAIS DE EUCALIPTO
Abstract: Em um mercado competitivo é necessário que as empresas se adequem às normas exigidas pelo respectivo setor, para que o produto final atinja a qualidade mínima que satisfaça às exigências dos clientes. A qualidade do produto final promove, dentre outros, a diminuição do retrabalho e de perdas no processo de produção, consequentemente promove a redução dos custos, tendo em vista que a aquisição de mudas florestais ocupa significante parte dos custos de implantação florestal. Assim, o objetivo deste trabalho foi analisar as atividades pré-selecionadas na produção de mudas clonais de eucalipto e verificar se as mesmas foram executadas dentro dos padrões ou limites aceitáveis de qualidade de execução, propostos pelo setor florestal. A pesquisa foi realizada em dois viveiros, localizados em Sooretama, Espirito Santo. A obtenção dos dados foi por amostragem, dados compilados em folha de verificação utilizando da ferramenta da Qualidade 5W + 1H. Se foi avaliado a qualidade dos tubetes, preparo e plantio das miniestacas, as seleções das mudas e a expedição das mudas a campo. Para a análise do processo foram usadas ferramentas do Controle Estatístico de Processos CEP, especificamente, gráficos de controle por atributos e outra ferramenta do Controle da Qualidade, os Diagramas de Pareto. Pode-se verificar que a maior parte das etapas avaliadas do processo de produção de mudas no Viveiro A estavam sob controle. Entretanto, algumas intervenções no seu processo produtivo devem ser adotadas, particularmente no preparo das miniestacas e na segunda seleção de mudas e toalete, operações que apresentaram sinais fora de controle. Já, no Viveiro B, observou-se que os níveis de controle em alguns casos eram críticos indicando a necessidade de inserção de medidas corretivas. O conhecimento detalhado das etapas, profissionalismo e mudança na postura operacional e gerencial são essenciais em quaisquer empresas objetivando sempre a busca da melhoria contínua. Palavras-chave: atividade florestal, ferramentas da qualidade, controle estatístico.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5065
Appears in Collections:PPGCF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_8956_Dissertação_Filipe Akira20151029-83917.pdf2.4 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.