Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5125
Title: Diversidade e estrutura genética em populações naturais de Cabralea canjerana (Vell.) Martius no Espírito Santo
metadata.dc.creator: Assis, Arícia Leone Evangelista Monteiro de
Keywords: Floresta Atlântica;Paisagens fragmentadas;Conservação genética;Marcadores moleculares
Issue Date: 25-Feb-2015
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Abstract: Como consequência do processo de fragmentação da Floresta Atlântica e do corte seletivo a variabilidade genética das espécies arbóreas tem se tornado cada vez mais comprometida. Dentre estas espécies arbóreas, a Cabralea canjerana encontra-se ameaçada pela redução da variabilidade genética de suas populações naturais. Desta forma, torna-se necessário a existência de programas mais efetivos para a conservação dessa espécie. Diante disso, este estudo objetivou caracterizar a diversidade e estrutura genética de populações de C. canjerana em remanescentes florestais de duas regiões no estado do Espírito Santo por meio de marcadores moleculares Inter Single Sequence Repeats (ISSR) e paralelamente realizou-se análise da morfologia foliar, com intuito de obter as variáveis mais representativas para os indivíduos coletados. Na análise morfológica, após a retirada dos outliers, em relação ao eixo 1(59%) na ordenação as características de peso da massa seca do pecíolo (PMSP), comprimento do pecíolo (CP) e peso da massa seca do folíolo (PMSF) foram as variáveis mais representativas para os indivíduos da Reserva Natural Vale. Para os indivíduos do Caparaó as variáveis foram peso da massa seca da raque (PMSR) e área foliar (AF). Esses fatores podem ser explicados pelas interações genótipo ambientes. Na análise molecular foram utilizados 10 primers em 46 indivíduos de 3 populações distintas, obtendo-se 73 fragmentos polimórficos que serviram de bases para as análises de diversidade intrapopulacional e interpopulacional. Os resultados indicam altos níveis de diversidade genética de acordo com os valores do Índice de Shannon, os quais foram: Reserva Natural Vale - 0,31, Vale do Calçado - 0,44 e Vale do Santa Marta - 0,42. Na análise do índice global o valor foi de 0,475. A AMOVA mostrou que a maior parte da diversidade ocorre dentro das populações (73%). Na comparação das três populações, avaliadas por uma abordagem bayesiana, o número correto de grupos genéticos baseando na taxa de mudança no Ln(k), estatística ΔK, indicou uma convergência para três grupos (K=3). O fluxo gênico foi de 0,676, considerado um valor baixo, fato que sustenta a formação dos três
As a result of the fragmentation of the Atlantic Forest and the selective cutting process the genetic variability of tree species has become increasingly compromised. Among these tree species, the Cabralea canjerana species threatened by reduced genetic variability of their natural populations. It is necessary to the existence of more effective programs for the conservation of this species. Thus, this study aimed to characterize the genetic diversity and structure of species populations in forest remnants in two protected areas in the state of the Holy Spirit through molecular markers of type Inter Single Sequence Repeats (ISSR) and was held parallel analysis of leaf morphology, aiming to obtain the most representative variables for individuals collected in two different vegetation type. In the morphological analysis, after the removal of outliers in respect to the axis 1 (59%) in order to weight characteristics of the dry mass of the petiole (PMSF), petiole length (SL) and the weight of the dry mass of leaves (PMSF) were the most representative variables for individuals Reserve already worth for individuals Caparaó variables were weight of the dry mass of the rachis (PMSR) and leaf area (LA). These factors can be explained by genotype interactions environments. In the molecular analysis used primers 10 in 46 individuals of three different populations, yielding 73 polymorphic fragments that served as the basis for the analyzes and inter-intra-population diversity. The results indicate high levels of genetic diversity in accordance with the values of the Shannon Index, which were: Vale Reservation, 0.31, Footwear Valley, 0.44 and 0.42 Valley of Santa Marta. In the overall index analysis the value was 0.475. The AMOVA most diversity occurs within populations (73%). The correct number of groups, based on the rate of change in Ln (k), statistical ΔK, indicating a convergence to three Bayesian groups (K = 3). In comparing the populations of the three populations, gene flow was 0.676, considered a low value fact that supports the formation of the three Bayesian groups and structure of the population.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5125
Appears in Collections:PPGGM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_8516_Dissertação Final Arícia Leone E. M. de Assis.pdf1.22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.