Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5191
Title: DIVERGÊNCIA GENÉTICA ENTRE ACESSOS DE MAMOEIRO E CORRELAÇÕES ENTRE SUAS CARACTERÍSTICAS NO NORTE DO ESPÍRITO SANTO
metadata.dc.creator: SILVA, C. A.
Keywords: carica papaya L;;parâmetros genéticos;melhoramento vegetal
Issue Date: 22-Feb-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: SILVA, C. A., DIVERGÊNCIA GENÉTICA ENTRE ACESSOS DE MAMOEIRO E CORRELAÇÕES ENTRE SUAS CARACTERÍSTICAS NO NORTE DO ESPÍRITO SANTO
Abstract: O mamoeiro (Carica papaya L.) é atualmente uma das fruteiras de maior importância econômica, sendo cultivada e consumida nas regiões tropicais e subtropicais do mundo, provavelmente em função de sua centro de origem na America tropical. O Brasil se configura com o segundo produtor mundial dessa fruta, embora sua produção seja influenciada negativamente pelos altos preços das sementes hibridas geralmente importadas de Taiwan, dificultado o uso dessas em cultivos sucessivos. Trabalhos de melhoramento se tornam importantes, pois visam manutenção e aumento dos índices produtivo da cultura. Nesse contexto desenvolveu-se o presente trabalho dividido em dois capítulos com os seguintes propósitos: no primeiro capitulo visando avaliar por meio de características morfoagronômicas o grau de variabilidade genética entre cinquenta e nove acessos de mamoeiro no Norte capixaba. Para tanto a divergência genética foi avaliada por procedimentos multivariados: distância generalizada de Mahalanobis, técnicas de agrupamento de otimização de Tocher e hierárquico com base no método Unweighted Pair Group Method with Arithmetic Mean. Houve diferença significativa para todas as características avaliadas, demonstrando a existência de variabilidade entre os acessos. As características: altura de planta, altura de inserção do primeiro fruto, espessura maior de polpa de fruto, diâmetro de fruto e comprimento de fruto apresentaram valores de herdabilidade superiores a 80%, resultados que indicam ganhos expressivos no processo simples de seleção. Existe variabilidade genética entre os acessos, sendo o Americano, STZ-03 pecíolo curto e Califlora 209 os mais divergentes. Os métodos de otimização de Tocher e hierárquico Unweighted Pair Group Method with Arithmetic Mean foram parcialmente concordantes quanto à formação dos grupos heteróticos de acessos de mamoeiro no Norte do Espírito Santo. As características massa de fruto, diâmetro de fruto e altura de planta foram as de maior contribuição para a diversidade genética. O segundo capítulo teve como finalidade obter as estimativas de correlações fenotípicas entre características morfológicas e de frutos de mamoeiro, bem como analisar a relação entre essas características e seus desdobramentos em efeitos diretos e indiretos dos componentes primários e secundários sobre a produção por plantas. As correlações fenotípicas foram superiores as genotípicas. Não houve correlação significativa entre os caracteres avaliados e a variável principal produção por planta. Os componentes primários: número e massa de fruto explicam quase que totalmente as variações ocorridas na sobre produção por planta. Espessura menor de polpa de fruto foi o componente secundário que apresentou maiores efeitos diretos e indiretos sobre a variável primária massa de fruto. Palavras-chave: Carica papaya L., parâmetros genéticos, melhoramento vegetal, biometria, variabilidade genética.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5191
Appears in Collections:PPGAT - Dissertações de Mestrado



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.