Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5192
Title: DETERMINAÇÃO DO PERFIL CROMATOGRÁFICO E AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE DO EXTRATO ETANÓLICO DE Achillea millefolium SOBRE Colletotrichum gloeosporioides
metadata.dc.creator: DUQUE, F. F.
Keywords: mil-folhas;antracnose;bioensaios
Issue Date: 27-Feb-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: DUQUE, F. F., DETERMINAÇÃO DO PERFIL CROMATOGRÁFICO E AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE DO EXTRATO ETANÓLICO DE Achillea millefolium SOBRE Colletotrichum gloeosporioides
Abstract: A Achillea millefolium, conhecida como mil-folhas ou aquiléia, é uma planta da família Asteraceae e possui atividade como antibacteriana, antifúngica, antitumoral, cicatrizante, antioxidante e antiedematosa. O objetivo deste trabalho foi determinar o perfil cromatográfico e avaliar a atividade fungicida in vitro do extrato etanólico de A. millefolium sobre Colletotrichum gloeosporioides causador da antracnose em frutos de mamão. Partes da planta foram coletadas em dois meses diferentes e separadas em flores, folhas e ramos. Os bioensaios foram realizados com os extratos etanólicos secos, obtido por técnica de maceração e concentrado em evaporador rotativo sob pressão reduzida. Estes extratos foram submetidos a cromatografia preparativa em camada delgada (CCD) sendo obtidas cinco frações. Estas frações foram diluídas, separadamente, em 150μL de DMSO e incorporada em BDA. Após solidificação do meio, um disco de 0,6cm de diâmetro com o fungo foi colocado no centro da placa de petri e incubado a 28 ± 2°C. Após crescimento avaliou-se o crescimento radial do micélio. O delineamento experimental utilizado foi análise fatorial e as médias foram comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. A atividade antifúngica foi evidenciada contra C. gloeosporioides sendo que as frações F4 e F5 de folha e flor coletadas em outubro tiveram a maior porcentagem de inibição do crescimento micelial. O perfil cromatográfico das frações do extrato foi realizado através de analises utilizando HPLC-DAD e GC-MS. Através das análises utilizando HPLC e GC da folha coletada em outubro foi possível detectar a presença de ácido cumárico, ácido ferúlico e rutina nas frações F4 e F5.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5192
Appears in Collections:PPGAT - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_6296_24 - Dissertação Fernanda Duque20150904-133011.pdf801.74 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.