Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5273
Title: Proposta educativa de enfermagem na síndrome de apneia e hipopneia obstrutiva do sono
metadata.dc.creator: Caniçali, Renato Alves
Issue Date: 16-Jul-2015
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Abstract: Nas últimas décadas, o câncer ganhou uma dimensão maior, convertendo-se em um evidente problema de saúde pública mundial. No Brasil, as estimativas para o ano de 2012 apontam a ocorrência de aproximadamente 518.510 casos novos de câncer, incluindo os casos de pele não melanoma. O objetivo da radioterapia é alcançar um índice terapêutico favorável, levando as células malignas a perderem a sua clonogenicidade e, ao mesmo tempo, preservando os tecidos normais. A radioterapia é administrada durante um período de tempo que permita que o tecido saudável se recupere entre as sessões, o retorno das células para as fases radiossensíveis do ciclo celular e a reoxigenação das células tumorais resistentes. A radioterapia, apesar de indolor ao paciente no momento da aplicação, pode trazer efeitos colaterais e complicações para o paciente. Esses efeitos colaterais e complicações estão relacionados com a área irradiada e com os órgãos e tecidos atingidos pela radiação. A assistência de enfermagem aos pacientes acometidos pelo câncer visa proporcionar qualidade de vida, com foco na reabilitação e na facilitação da independência de forma mais rápida possível. O processo de enfermagem prevê que a assistência de enfermagem seja fundamentada na avaliação do paciente, de forma que forneça dados para fazer decisões apropriadas sobre quais são as necessidades de cuidados dos pacientes, ou seja, os diagnósticos de enfermagem, como também as intervenções e resultados. O diagnóstico de enfermagem é um processo no qual são realizadas inferências com base nos dados objetivos e subjetivos obtidos na coleta de dados. JUSTIFICATIVA: Diante da vivência atual do autor em um Setor de Raditerapia e da identificação das carências e complicações enfrentadas pelos pacientes submetidos a radioterapia, propõe-se a elaboração deste estudo. OBJETIVO: Elaborar as principais afirmativas diagnósticas e intervenções relacionadas aos pacientes em tratamento de radioterapia. METODOLOGIA: Trata-se de um estudo descritivo onde se pretende utilizar a Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem (CIPE®) na elaboração de afirmativas diagnósticas e intervenções de enfermagem para os pacientes em tratamento de raditerapia, através dos dados coletados nas Consultas de Enfermagem realizadas no Setor de Radioterapia do Hospital Santa Rita de Cássia.
Introduction: The obstructive sleep apnoea syndrome (OSAS) is a chronic disease characterized by recurrent episodes of partial or total obstruction of the upper airway during sleep, despite continued respiratory efforts. Objectives: To describe the sociodemographic and clinical profile, assess gender differences and correlate body mass index (BMI) and apneas and hypopneas index (AHI) in patients with OSA. Methodology: Descriptive study carried out through consultation with records of OSA patients treated in a CPAP/BiPAP Program, in the Vitória’s Regional specialties center. Statistical analysis was performed using ANOVA one way to compare the means. After we used the Tukey test (post-hoc). The degree of correlation between variables was calculated using Pearson's correlation coefficient (r). The test Square, the Z test and Fisher's exact test were required to evaluate the relationship and the differences between the proportions of genres with the variables. To evaluate the relationship of cause and effect of variables with the genres, the simple logistic regression was used. Results: We found a predominance of OSA in men (63%), married (83.3%), aged between 51-60 years (30%), hypertension (59%), from the city of Vila Velha (24 %). The mean AHI and BMI in men and women was 48.3 ± 12.1 versus 44.97 ± 10 events / hour and 31.7 ± 5.7 versus 32.97 ± 5.9 kg / m², respectively. Women with OSA in the above 41 groups are at increased risk for OSA than men when comparing the range 21-40 years. In addition, women with grade III obesity have 4.3 times more risk to have OSA than those of normal weight. There was strong correlation between BMI and AHI in men (r=0.71) and moderate correlation in women (r=0.67). Conclusion: Patients treated at the program CPAP/BiPAP, mostly, have a similar profile to the global carrier OSAS population: predominantly men aged 51 and 60, hypertensive and with increased BMI. We also note that BMI is an important risk factor for worsening of OSA, especially in males.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5273
Appears in Collections:PPGENF - Dissertações de mestrado profissional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_7612_Dissertacao - Proposta educativa de enfermagem na síndrome de apneia e.pdf1.09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.