Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5307
Title: CARACTERIZAÇÃO DE IMPLANTES POLIMÉRICOS BIODEGRADÁVEIS CONTENDO SIROLIMUS E AVALIAÇÃO DE SUA ESTABILIDADE EM CONDIÇÕES DE ESTRESSE QUÍMICO
metadata.dc.creator: CAMPOS, M. S. T.
Keywords: sirolimus;análise térmica;difração de raios x;implantes
Issue Date: 18-Mar-2016
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: CAMPOS, M. S. T., CARACTERIZAÇÃO DE IMPLANTES POLIMÉRICOS BIODEGRADÁVEIS CONTENDO SIROLIMUS E AVALIAÇÃO DE SUA ESTABILIDADE EM CONDIÇÕES DE ESTRESSE QUÍMICO
Abstract: A utilização do sirolimus e seus análogos têm sido avaliados em estudos para combater diversos tipos de câncer, porém devido à baixa biodisponibilidade do fármaco é necessária a busca por novas formas de administração. Implantes poliméricos biodegradáveis contendo sirolimus foram avaliados como alternativa que viabilizaria a utilização do fármaco. Diferentes implantes contendo 25% do fármaco sirolimus foram elaborados empregando como matrizes poliméricas: quitosana, policaprolactona e o copolímero derivado dos ácidos lático e glicólico (PLGA) em duas proporções: PLGA 50:50 e PLGA 75:25. As técnicas de análise térmica, termogravimetria e calorimetria exploratória diferencial, em conjunto com a difração de raios X e microscopia foram utilizadas na caracterização e avaliação da compatibilidade entre os constituintes da formulação, onde constatou-se não haver incompatibilidades, porém observou-se uma amorfização do fármaco nos implantes, confirmadas nas análises de DRX. Nos testes de estabilidade intrínseca, o sirolimus apresentou-se instável nas condições de exposição ao calor e hidrólises neutra e básica, na análise por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) foram detectados dois produtos de degradação após exposição ao calor e um produto de degradação após hidrólise básica e hidrólise neutra; os produtos de degradação apresentaram espectro de UV similares ao espectro do fármaco. Através do estudo cinético isotérmico em meio sólido, observou-se que a molécula do fármaco se degrada segundo modelo difusional tridimensional, apresentando prazo de validade igual a 6 anos. O pó liofilizado do implante confeccionado com o PLGA 75:25 mostrou-se com menor formação de produto de degradação e manteve o teor adequado de 24,6% após análise em solução por CLAE, e é o polímero de escolha para a elaboração do implante biodegradável contendo sirolimus para o tratamento de tumores malignos sólidos, porém faz-se necessário estudos adicionais dos efeitos do fármaco após amorfização do cristal quanto à estabilidade e solubilidade.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5307
Appears in Collections:PPGCFAR – Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_8528_Dissertação versão final.pdf3.99 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.