Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5308
Title: AVALIAÇÃO IN VITRO DA ATIVIDADE ANTI-Helicobacter pylori E POTENCIAL ANTIOXIDANTE DE EXTRATOS E FRAÇÕES DE Baccharis trimera (Less.) DC
metadata.dc.creator: NUNES, O. C.
Issue Date: 22-Mar-2016
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: NUNES, O. C., AVALIAÇÃO IN VITRO DA ATIVIDADE ANTI-Helicobacter pylori E POTENCIAL ANTIOXIDANTE DE EXTRATOS E FRAÇÕES DE Baccharis trimera (Less.) DC
Abstract: Um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de úlceras e câncer gástrico é a infecção pela bactéria Helicobacter pylori, que é acompanhada por um considerável estresse oxidativo. No Brasil, a planta Baccharis trimera Less. (DC), conhecida como carqueja, é popularmente usada para tratar distúrbios gastrointestinais e do fígado. Nessa espécie já foram identificados taninos, flavonoides, saponinas, lactonas diterpênicas, sesquiterpenos, compostos fenólicos e óleos voláteis. Dessa forma, o objetivo do presente estudo foi avaliar a atividade anti-Helicobacter pylori do extrato aquoso, (EAq), etanólico (EE), hidroalcoólico (EH) de B. trimera e das frações, aquosa (FAq), hexânica (FHx), e acetonitrila/clorofórmio (FAC) obtidas a partir do EH, além de analisar a composição fitoquímica, e seus efeitos sobre radicais livres e oxidantes biológicos. Para todos os extratos e frações foi realizada a triagem fitoquímica e a determinação do teor de polifenóis, flavonoides e taninos totais. A atividade anti-Helicobacter pylori foi avaliada por meio do ensaio de microdiluição em caldo e pela capacidade de inibição da enzima urease. A morfologia bacteriana, após exposição às amostras, foi analisada por microscópio eletrônico de varredura (MEV) com o extrato e a fração que atingiram a concentração inibitória mínima (CIM90). A atividade antioxidante foi avaliada em ensaios de inibição de radicais sintéticos DPPH e ABTS como triagem inicial para todas as amostras. Os ensaios com os oxidantes biológicos, peróxido de hidrogênio (H2O2), ânion superóxido (O2 -), ácido hipocloroso (HOCl), radical hidroxil (HO ) e óxido nítrico (NO ), foram realizados com o EH, devido aos melhores resultados obtidos no ensaio anti-H.pylori e na triagem antioxidante inicial, além de suas frações, exceto a FHx, devido ao baixo desempenho na triagem antioxidante. A maior concentração de polifenóis foi encontrado no EH, flavonoides na FAC e taninos em FAq. No ensaio anti-H. pylori, a CIM90 foi de 512 μg/mL para EH e 1024 μg/mL para FAC a qual foi bactericida. A MEV mostrou alterações morfológicas como alongamento e lise celular nas amostras testadas, podendo sugerir alterações de parede, provavelmente através do comprometimento da síntese de peptideoglicano. No ensaio de inibição da enzima urease o resultado mais expressivo foi o exibido pela FAC, que inibiu 36,24% na maior concentração testada.O melhor resultado dentre os extratos na triagem antioxidante inicial foi do EH, que obteve os seguintes CE50: DPPH, 17,40 ± 0,52 e ABTS, 9,99 ± 1,21. Para as frações os melhores CE50 foram: DPPH, FAq, 27,41 ± 1,65 e ABTS, FAq, 10,80 ± 1,90.No ensaio de captura do O2 -, a FAq apresentou CE50 de 5,85 ± 0,86μg/mL. No ensaio de inibição do HOCl, todas as amostras testadas conseguiram inibição maior que 50%, exceto a FAq. No ensaio de inibição do radical HO , NO e H2O2, os resultados foram melhores para FAC e seu CE50 foi de 2,90 ± 0,48, 132,13 ± 7,38 e 66,70 ± 2,30 μg/mL, respectivamente. As análises indicam que B. trimera, especialmente o EH, e suas frações, FAq e FAC, podem apresentar compostos promissores para o prevenção e tratamento de doenças causadas por H. pylori. Estes resultados foram embasados pela relação entre a presença de compostos fenólicos e a inibição de oxidantes, além da observação de alterações na membrana bacteriana.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5308
Appears in Collections:PPGCFAR – Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_8529_DISSERTAÇÃO MESTRADO 101 DEFINITIVA.pdf1.86 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.