Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5367
Title: Um Estudo Sobre a Saúde Mental de Serra-es: da Surpresa ao Encantamento.
metadata.dc.creator: ROSSONI, C. G.
Keywords: Política de Saúde Mental;Modelagem do Serviço;
Issue Date: 20-Nov-2006
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: ROSSONI, C. G., Um Estudo Sobre a Saúde Mental de Serra-es: da Surpresa ao Encantamento.
Abstract: Esta pesquisa estuda as condições norteadoras da modelagem utilizada na organização do serviço de saúde mental do município de Serra, que tem nas Equipes de Saúde Mental das Unidades Regionais de Saúde um serviço extrahospitalar para a reorientação do modelo assistencial. Pesquisa qualitativa realizada através do estudo de um caso que teve como método de coleta de dados o Grupo Focal. Foram realizados 05 (cinco) Grupos Focais com os profissionais das equipes de saúde mental, nos meses de outubro a dezembro de 2005 e os dados foram analisados em seu conteúdo, com base em Bardin. Classifica as condições norteadoras que modelam o serviço de saúde mental em duas modalidades: constituídas e constituintes. As constituídas pela política municipal de saúde mental são as que apontam a diretriz política e técnicoadministrativa e as constituintes as que se referem às práticas sociais desenvolvidas no cotidiano da instituição de saúde pelos profissionais de saúde mental, a partir dos processos vivenciados por esses atores na relação com o território e a demanda em saúde. Conclui que o serviço implantado tem potencialidades e contribuições para a reorientação do modelo assistencial. Destaca que as condições constituídas foram importantes para a criação e consolidação do serviço de saúde mental, mas está centrada nas condições constituintes a modelagem deste serviço, pois é na relação cotidiana entre seus atores que se torna possível introduzir novas formas de lidar com o sofrimento psíquico e construir uma nova cultura em saúde mental. Para tanto, é necessária a ampliação de uma rede de saúde mental e uma política de educação permanente de seus profissionais para a apropriação do território e atendimento das demandas em saúde. Captar esses fenômenos foi importante para reconhecer as potencialidades do serviço na efetivação da política de saúde mental do município e apreender seus limites e perspectivas.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5367
Appears in Collections:PPGASC - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File SizeFormat 
tese_2499_2004_CLÁUDIA ROSSONI.pdf0 BAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.