Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5425
Title: Avaliação da Qualidade dos Dados dos Sistemas de Informação do Câncer do Colo do Útero do Município de Vitória, Espírito Santo, 2007
metadata.dc.creator: ALMEIDA, M. V. S.
Issue Date: 6-Jul-2009
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: ALMEIDA, M. V. S., Avaliação da Qualidade dos Dados dos Sistemas de Informação do Câncer do Colo do Útero do Município de Vitória, Espírito Santo, 2007
Abstract: Este estudo definiu como objetivos avaliar a produção do Sistema de Informação do Câncer do Colo do Útero (SISCOLO) para o ano de 2007 no município de Vitória e analisar a acessibilidade, oportunidade e completude como critérios da qualidade dos dados do SISCOLO, a fim de reconhecer sua potencialidade como ferramenta epidemiológica e não apenas como instrumento contábil para gerar pagamento dos exames citopatológicos realizados. O estudo foi definido em duas dimensões: (1) qualidade do sistema, formada pelos componentes da qualidade dos dados acessibilidade, oportunidade e completude; (2). produção do sistema, contemplando os componentes razão entre os exames citopatológicos cérvico-vaginais em mulheres de 25 a 59 anos e a população feminina nessa faixa etária, prevalência das lesões, perfil das lesões, cronologia das lesões e adequabilidade da amostra Os dados são oriundos do banco SISCOLO, referentes ao período de janeiro a dezembro de 2007, fornecido pela Coordenação Municipal do Viva Mulher. Para cada dimensão foi realizada análise de agrupamento usando o programa SPSS versão 15.0. Para o cálculo da prevalência e respectivo intervalo de confiança a 95% foi utilizado o programa Stata. O SISCOLO é um sistema acessível, com oportunidade (tempo decorrido entre a realização da coleta e a liberação do resultado) variando de 15 a 45 dias. A completude dos atributos foi excelente para ―fez exame preventivo anteriormente‖ e ―adequabilidade do material‖; boa para ―ano do último preventivo‖ e ruim para escolaridade e todos os atributos relativos aos campos de anamnese e inspeção do colo (Requisição de Exame Citopatológico Colo do Útero). A oferta de exames citopatológicos pelo município alcançou a razão de 0,25 exame/mulher/ano. A prevalência das lesões apresentou a seguinte distribuição: 9,5 para ASCUS (IC95% 8,4-10,8); 11,5 para LIE BG (IC95% 10,3-12,9) e 2,0 para LIE AG (IC95% 1,5-2,7). A razão entre as lesões de baixo e as de alto grau foi de 4,10 mulheres, com idade média para aparecimento de lesões precursoras se apresentando em mulheres jovens (29,38 anos). Das lâminas examinadas 1,1% apresentaram adequabilidade insatisfatória. As informações apresentadas apontam para a necessidade de melhora nas ações de rastreamento e controle do câncer do colo do útero em Vitória ES. A possibilidade de utilização dos componentes acessibilidade, oportunidade e completude para avaliar a qualidade dos dados produzidos pelo SISCOLO, contribuirão para torná-lo uma ferramenta mais aperfeiçoada não só para aplicação financeira, mas também epidemiológica.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5425
Appears in Collections:PPGASC - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_3589_2007_Marcia Valeria S Almeida.pdf1.48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.