Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5439
Title: Devir-Flor: a Mulher Buscando Superar a Depressão
metadata.dc.creator: POTON, W. L.
Keywords: Saúde Coletiva;Movimento Instituinte;Esquizoanálise;
Issue Date: 30-Jun-2010
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: POTON, W. L., Devir-Flor: a Mulher Buscando Superar a Depressão
Abstract: Experimentação vivenciada com um grupo de mulheres diagnosticadas como depressivas e acompanhadas pelo Programa de Saúde Mental de uma unidade de saúde do Município de Vila Velha - ES. Oficinas qualitativas, quatro ao todo, tendo como dispositivos as cantigas de roda, o desenho com massa de modelar, a dramatização e a dança; foram as abordagens utilizadas neste trabalho que potencializaram o processo de auto-análise e autogestão dessas mulheres: a Esquizoanálise - enquanto concepção ético-estético-revolucionário-desejante da vida e do mundo -, e o Esquizodrama - enquanto espaço de produção do revolucionário e do novo -, deram o tom dos acontecimentos. Buscando desviar-se do trabalho de grupo convencional, marcado pela repetição, a proposta de klínicas ofereceu a possibilidade de proliferação de multiplicidades. Durante as oficinas muitos acontecimentos tristes de suas vidas, parte de um eterno presente, foram sendo revisitados; mas, como ninguém consegue ser depressivo vinte e quatro horas por dia, acontecimentos alegres - verdadeiras palhaçadas amorfas -, permitiram a essas mulheres, numa explosão de alegria, metamorfosearem-se em flores. Essas mulheres (e um homem também), com histórias singulares e modos de vida peculiares, vivenciaram processos produtivo-desejante-revolucionários da vida e do mundo, com produção do novo.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5439
Appears in Collections:PPGASC - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_4047_.pdf1.79 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.