Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5495
Title: Política de Atenção ao Tabagista no município de Vitória: olhares e caminhos para sua (re)configuração
metadata.dc.creator: FRANÇA, M. G.
Issue Date: 27-Feb-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: FRANÇA, M. G., Política de Atenção ao Tabagista no município de Vitória: olhares e caminhos para sua (re)configuração
Abstract: A Política Nacional de Controle do Tabaco, ao promover a cessação do tabagismo, propiciou a inserção da política de atenção ao tabagista na rede do Sistema Único de Saúde. Nesse contexto, faz-se necessário compreender como essa política vem sendo desenvolvida, no âmbito municipal, a fim de entender as relações estabelecidas e os arranjos realizados nesse processo. Objetivou-se, com este estudo, analisar a implementação da política de atenção ao tabagista, sob a ótica da coordenação municipal do tabagismo, dos profissionais e usuários do Programa de Controle do Tabagismo no Município de Vitória-ES. Trata-se de um estudo de caso com abordagem qualitativa, pela via da Análise do Discurso Crítica, buscando um diálogo com os teóricos da área da saúde coletiva. O estudo foi realizado em três momentos: o primeiro foi constituído pela revisão bibliográfica sobre o tabagismo, sobre políticas para controle do tabaco, sobre o Programa Nacional de Controle do Tabagismo e sua inserção na política de saúde brasileira. No segundo momento, foi realizada a análise de documentos oficiais dos instrumentos normativos federais e municipais e a análise de dados primários do Programa Municipal de Controle do Tabagismo do ano de 2011. No terceiro momento, foram feitas entrevistas com os atores desse programa: a coordenação municipal, os profissionais das unidades de saúde e os usuários do programa, no período de março a agosto de 2012. A política de atenção ao tabagista foi considerada pelos sujeitos bem elaborada, funcional e eficaz, atendendo às necessidades de saúde do sujeito com problemas relacionados ao tabaco, ressaltando os resultados na vida dos usuários. Contudo, alguns desafios foram elencados nesse processo, como o de tornar a política efetivamente uma prioridade do município; de instituir, além do monitoramento, uma avaliação a política; de criar um espaço permanente de diálogo entre os atores que implementam essa política e de (re)pensar as estratégias e metodologias propostas. O estudo possibilitou compreender o processo de implementação de políticas públicas como um processo de integração e articulação entre os diversos atores que dão vida à política, contribuindo para a (re)configuração da atenção ao tabagista.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5495
Appears in Collections:PPGASC - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_6320_Marilene_Gonçalves_França_2013.pdf2.03 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.