Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5521
Title: A prática da integralidade : contos (com) sentidos
metadata.dc.creator: Mattanó, Luanna Del Carmen Barbosa
Keywords: Assistência integral à saúde;Sistema Único de Saúde (Brasil)
Issue Date: 15-Aug-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Abstract: A Integralidade, uma das diretrizes do Sistema Único de Saúde, constitui-se em uma recusa ao reducionismo e à objetivação do sujeito e impõe o diálogo na relação intersubjetiva. Trata-se de bandeira de luta, mobilização e exercício de humanidade e está ligada à constituição de sentido para os profissionais da saúde como um valor. O valor dá sentido ao mundo e por meio dele, as escolhas, caminhos, práticas e finalidades das ações são definidas. Assim, as práticas são encaminhadas a partir dos valores constituídos subjetivamente, por meio da valorização e revalorização das experiências cotidianas. Há, portanto, uma inseparabilidade entre valor e prática da integralidade. A construção de uma realidade integral na atenção ao usuário viabiliza-se por meio do exercício cotidiano das práticas profissionais e através de um aprendizado contínuo, aliado à abertura ao diálogo entre diversos profissionais e a comunidade. Esta pesquisa visou analisar as práticas dos profissionais de saúde, buscando compreender como exercem a integralidade. Analisamos, a partir do diálogo com trabalhadores, os caminhos, as estratégias e as dificuldades para a consolidação da prática da integralidade no cotidiano. Realizamos seis sessões de grupo focal e da leitura de sua transcrição elegemos três temas destacados através do Mapa de Associação de Idéias proposto por Spink (1999). A partir deles construímos três contos que ilustram as opiniões e formas de vivenciar a integralidade pelos trabalhadores. Os contos, tais como histórias, permitem uma melhor aproximação das realidades, possibilitando que o leitor perceba todos os aspectos presentes nas situações postas. A análise destaca a falta de diálogo, a rotina, a necessidade de cumprir metas baseadas em procedimentos e o conceito de saúde como ausência de doença como os principais entraves para o alcance da integralidade. Em contrapartida, apontamos que a interdisciplinaridade, o embasamento em valores humanizados, a promoção da saúde e uma formação que
The Comprehensiveness, one of the guidelines of the National Health System, consists in a refusal of reductionism and objectification of the subject and imposes dialogue in intersubjective relationship. It's battle flag, mobilization and exercise of humanity and is linked to the constitution of meaning for health professionals as a value. The value gives meaning to the world, and through him, choices, paths, practices and objectives of the action are defined. Thus, the practices are routed from the values established subjectively through appreciation and revaluation of everyday experiences. There is an inseparability between value and practice of completeness. The construction of reality integral enables up by exercising everyday professional practices, and through continuous learning, combined with openness to dialogue between various professionals and the community. This research aimed to analyze the practices of health professionals, seeking to understand how exercise the comprehensiveness. Analyzed from the dialogue with workers, the ways, strategies and difficulties in consolidating the practice of comprehensiveness in everyday life. We conducted six focus group sessions and reading your transcript we have chosen three themes highlighted by the Association of Ideas map proposed by Spink (1999). From them we built three stories that illustrate the opinions and ways of experiencing the workers. The stories, such as stories, allow a better approximation of reality, allowing the reader learns all aspects present in situations. The analysis highlights the lack of dialogue, the routine, the need to meet targets based on procedures and the concept of health as absence of disease as the main obstacles to the achievement of comprehensiveness. In contrast, we point out that interdisciplinarity, the values humanized, health promotion and training enable and strengthen comprehensive practices.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5521
Appears in Collections:PPGASC - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_6768_2011_Luanna.pdf1.96 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.