Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5546
Title: Compulsão Alimentar e Fatores de Estilo de Vida em Participações do Estudo Elsa Brasil
metadata.dc.creator: SILVA, T. S.
Issue Date: 25-Mar-2014
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: SILVA, T. S., Compulsão Alimentar e Fatores de Estilo de Vida em Participações do Estudo Elsa Brasil
Abstract: A compulsão alimentar (COA) se refere a uma forma de superalimentação e pode ser um sintoma isolado ou compor alguns diagnósticos de transtornos alimentares. Encontra-se relacionada a hábitos de vida, consumo alimentar e alterações metabólicas que podem favorecer a outros agravos e riscos para a saúde O objetivo foi investigar a ocorrência de episódio de compulsão alimentar e sua relação com o perfil nutricional, alimentar e fatores de estilo de vida na linha de base do Estudo Longitudinal da Saúde do Adulto (ELSA-Brasil). Trata-se de estudo transversal com os 15.105 servidores públicos que participaram da primeira coleta de dados do projeto ELSA-Brasil. A variável desfecho foi a presença de episódio de compulsão alimentar avaliada mediante entrevista utilizando os critérios da DSM-IV e as variáveis de exposição foram sociodemográfica (sexo, idade, raça/cor e escolaridade), alimentar (valor calórico total e por grupos de alimentos), nutricional (índice de massa corporal) e de fatores de estilo de vida (fumo, álcool e atividade física). O consumo alimentar foi agrupado em quintis e usado ANOVA. Realizou-se comparação entre variáveis categóricas e uma regressão logística com as variáveis significativas (p < 0,05). Encontrou-se uma prevalência de episódios de COA de 6,5% da população e eles foram mais presentes em mulheres (66,6%), em pessoas jovens (68,2%), Caucasianos (45,6%), com maior escolaridade (47%), em obesos (45,9%), menos ativos (64,6%), maior consumo calórico e com padrão de ingestão de bebida alcoólica em grande quantidade em curto período de tempo. Foram associados ao COA a obesidade (OR 5,188; IC 4,051-6,645), o sobrepeso (OR 2,534; IC 1,980-3,243), sexo feminino (OR 1,918; IC 1,573-2,338), faixa etária entre 34 a 54 anos (OR 1,349; IC 1,115-1,631), ingestão de álcool &#8805; cinco doses em duas horas (OR 1,397; IC 1,068-1,827), e insuficientemente ativo (OR 1,290; IC 1,078-1,544). O excesso de peso foi um determinante importante no COA, sugerindo-se que existem outros padrões de comportamento compulsivo envolvidos.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5546
Appears in Collections:PPGASC - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_7821_2012_Thamyres.pdf1.88 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.