Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5547
Title: O processo de trabalho dos agentes comunitários de saúde : dilemas entre o trabalho prescrito e o trabalho real
metadata.dc.creator: Ribond, Michelle Garcia de Alcântara
Keywords: Sistema Único de Saúde (Brasil);Família - Saúde e higiene;Agentes comunitários de saúde;Pesquisa qualitativa
Issue Date: 29-May-2014
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Abstract: O Agente Comunitário de Saúde (ACS) atua nas equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF) desenvolvendo várias atividades como o cadastramento das famílias, construção do diagnóstico local, mapeamento do território de saúde, identificação de microáreas de risco, realizando visitas domiciliares, ações coletivas e intersetoriais de educação em saúde. Esta atuação singular faz com que o trabalho do ACS diferencie-se dos demais trabalhadores da área da saúde. Partindo desta premissa analisamos o processo de trabalho dos ACS de duas equipes de ESF do município de Cariacica-ES, visando perceber as diferenças entre o trabalho prescrito e o trabalho real desenvolvido no cotidiano da ESF. Trata-se de estudo descritivo com abordagem qualitativa e postura etnográfica para a coleta dos dados através das técnicas de observação sistemática e pesquisa documental. Teve como resultados a descrição do trabalho real através dos dados registrados em um diário de campo e a descrição do trabalho prescrito através dos 27 documentos encontrados. A pesquisa ressalta que dificilmente os ACS conseguirão realizar todas as atividades prescritas em vista da quantidade de normas, manuais técnicos, livros, etc., que orientam seu trabalho, pois ainda não temos um contexto de educação permanente ou continuada que facilite a compreensão de todos estes conteúdos. Não significando, porém, que o trabalho das ACS não está sendo bem realizado de acordo com a proposta da Atenção Básica. Temos o contrário, mesmo não dando conta de tantas prescrições, estas profissionais com criatividade, bom senso, afeto, vínculo comunitário e desejo de transformar a realidade em que vivem, conseguem ir além das prescrições construindo toda uma forma de ser e trabalhar como agente comunitário de saúde que não está descrito em normas e manuais, mais está no reflexo de uma atenção humanizada, focada na família e na realidade daquele território.
The CHA operates in groups of FHS developing various activities, such as registration of families, construction site diagnosis, mapping the territory of health, identification small risk areas, conduct home visits and collective and intersectoral actions in health education. This singular action makes the CHA‟s job different from other workers in the health field. We analyzed the CHA‟s working process of two teams FHS of Cariacica - ES, aiming to understand the differences between the prescribed work and the actual work in FHS‟s daily. This is a descriptive study with qualitative and ethnographic approach to data collection through the techniques of systematic observation and documentary research. We collected the description of the actual work through the data recorded in a field diary, and the job description prescribed by the 27 documents found. The research highlights the CHAare not able to perform all prescribed activities, because of the amount of standards, technical manuals, books, etc, that guide their work, in reason that they still not have a permanent or continuing education to facilitate the understanding of all such materials. However, this situation is not meaning that the work of the CHA is not being well done in accordance with the proposal of Primary Care. Although these professionals can‟t do all of prescribed work, they can go beyond the requirements with creativity, good sense, affection, community liaison and desire to transform the reality they live in, building their own way of “being and work" as a community health agent, that is not described in standards and manuals, but it is the reflection of a humanized care, focused in the family and reality of that territory.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5547
Appears in Collections:PPGASC - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_7830_2012_Michelle - versão final.pdf1.48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.