Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/555
Title: Influência dos estrativos na resistência ao apodrecimento de seis espécies de madeira
Other Titles: Influence of extracts in decay resistance of six wood species
metadata.dc.creator: Oliveira, José Tarcísio da Silva
Souza, Leonardo Chagas de
Della Lucia, Ricardo Marius
Souza Júnior, Wagner Patrício de
Keywords: Extrativos;Durabilidade natural;Gloeophyllum trabeum;Madeira;Madeira - Exploração;Logging;Extractives;Natural durability;Wood
Issue Date: Sep-2005
Citation: OLIVEIRA, José Tarcísio da Silva et al. Influência dos estrativos na resistência ao apodrecimento de seis espécies de madeira. Rev. Árvore, Viçosa, v. 29, n. 5, p. 819-826, set./out. 2005. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rarv/v29n5/a17v29n5.pdf>. Acesso em: 25 jan. 2011.
Abstract: O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da extração da madeira de seis espécies, quatro nativas (candeia, cedro, cerejeira e jacarandá-caviúna) e duas exóticas (E. citriodora e E. gumifera), em diferentes solventes, na resistência ao apodrecimento causado pelo fungo da podridão-parda Gloeophyllum trabeum. O material foi ensaiado na forma de serragem, em face da maior facilidade para os procedimentos de extração. Dentre os resultados, pode-se destacar a baixa perda de massa ocorrida na madeira de cedro (Cedrela fissilis), evidenciando sua elevada resistência natural ao fungo testado e, ainda, à incapacidade dos solventes utilizados na retirada de compostos que conferem resistência ao apodrecimento. As madeiras de candeia (Vanillosmopsis erythropappa), cerejeira (Amburana cearensis), jacarandá-caviúna (Machaerium scleroxylon) e de eucaliptos (Corymbia citriodora e Eucalyptus gummifera) também apresentaram elevada resistência natural, em função da baixa perda de massa ocorrida, quando expostas ao fungo G. trabeum. Essas madeiras, quando totalmente extraídas, apresentaram elevados valores de perda de massa. No que diz respeito ao material extraído por diferentes solventes de forma isolada, observou-se, na candeia, que o solvente mais eficiente na retirada de substâncias que conferem resistência ao apodrecimento foi o diclorometano. Com relação ao cedro, o mais eficiente foi o metanol. Na cerejeira, por meio da mistura de etanol/tolueno retiraram-se mais substâncias, ao passo que no jacarandá-caviúna foi o metanol. Nas madeiras de eucaliptos, o metanol foi mais eficiente na retirada de componentes tóxicos ao fungo utilizado neste estudo, devendo destacar ainda, no E. gummifera, a eficiência da água quente na retirada de tais compostos. No C. citriodora, os valores de perda de massa, em razão das extrações em água fria, em água quente, em diclorometano e ao natural (não-extraída), foram muito baixos.
ABSTRACT In this work, the wood of six indigenous and two exotic species, previously extracted with different solvents, was exposed to the fungus Gloeophyllum trabeum, with the objective of determining which solvent was most efficient in removing the substances responsible for their resistance to decay. The samples were reduced to sawdust and extracted with cold and hot water, with a mixture of ethanol/toluene, dichloromethane, and methanol, and also totally extracted with hot water with ethanol-toluene and ethanol. After extraction, the samples were inoculated with the fungus, inside a plastic container. The results showed the remarkable resistance of Cedrela fissilis wood, even after total extraction, as evidenced by its low mass loss; the solvents were unable to remove the substance or substances that confer that durability. Non-extracted Amburana cearensis, Vanillosmopsis erythropappa, Machaerium scleroxylon and eucalypts (Corymbia citriodora and Eucalyptus gummifera) showed their typical resistance; when totally extracted, however, their mass loss was very high. As regarding individual solvents, in V. erythropappa and eucalypts, dichloromethane was the most efficient in removing the substance responsible for resistance. C. citriodora wood showed a low mass loss when it was extracted with cold and hot water, dichloromethane and natural (not extracted). Wood of A. cearensis extracted with the mixture ethanol/toluene had the most severe weight loss, while in M. scleroxylon the most efficient solvent was methanol.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/555
ISSN: 0100-6762
Appears in Collections:DERU - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Influência dos estrativos na resistência ao apodrecimento de seis espécies de madeira.pdf340.73 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons