Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5555
Title: Leucemia infantojuvenil no Brasil : um estudo sobre tendências e mortalidade
metadata.dc.creator: Silva, Franciane Figueiredo da
Keywords: Leucemia;Câncer em adolescentes;Câncer em crianças;Modelos lineares (Estatística)
Issue Date: 19-Dec-2014
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Abstract: A leucemia é o tipo de neoplasia mais comum dos cânceres em crianças. Apesar das inúmeras lacunas, tais como grande número de causas mal definidas apresentadas pelo Sistema de Informação Sobre Mortalidade (SIM), ele ainda é a principal fonte de dados para pesquisas epidemiológicas. O objetivo foi estudar a variação de mortalidade por leucemias em crianças e adolescentes e relacioná-las à mortalidade por causas mal definidas bem como a tendência dos óbitos por leucemia no Espírito Santo. Foram realizados estudos ecológicos, observacionais, retrospectivos de série temporal, baseados em dados secundários oriundos do SIM, para o Brasil e regiões, e para o estado do Espírito Santo. Taxas foram geradas e assim, modeladas séries históricas, para avaliar tendências temporais, e relacionar a quantidade da variabilidade de um indicador em outro. Foi constatada a diferença regional quanto à tendência por morte de leucemia em crianças e adolescentes e a influência das causas mal definidas de óbitos neste indicador. Em geral, para o estado do Espírito Santo, a tendência por mortalidade em crianças apresentou declínio, comparando-se aos padrões de áreas desenvolvidas no mundo e Brasil. Porém, para alguns subtipos de neoplasias encontrou-se tendência crescente. A incompletude dos dados oriundos de diagnósticos incompletos e causas mal definidas ainda são obstáculos a serem vencidos em saúde pública. A mortalidade por leucemia em crianças capixabas, embora tenha diminuído como reflexo da melhoria ao acesso à saúde e aumento da sobrevida, ainda carece de olhar mais atento, principalmente a tipos específicos da doença, como a leucemia mieloide aguda.
Leukemia is the most common type of childhood cancer. Despite numerous gaps such as large number of ill-defined causes presented by the Sistema de Informação Sobre Mortalidade (SIM), it is still the main source of data for epidemiological research. The objective was to study the variation of mortality from leukemia in children and adolescents and to relate them to mortality from ill-defined causes and the trend of leukemia deaths in Espírito Santo. Were conducted ecological studies, observational, retrospective from time series, based on secondary data obtained from the SIM, to Brazil and regions, and for the state of Espírito Santo. Rates were generated and thus modeled time series to evaluate temporal trends, and relating the amount of variability of an indicator in another. Has been found the regional difference in the trends by leukemia mortality in children and adolescent and the influence of ill-defined causes of death in this indicator. In general, for the state of Espírito Santo, the trend mortality in children showed decline, comparing the standards of developed areas in the world and Brazil. However, for some cancer subtypes was found growing trend. The incompleteness of the data from incomplete diagnosis and ill-defined causes are still obstacles to overcome in public health. Mortality by leukemia in children from Espirito Santo, although declined as a result of improved access to health and increased survival, it needs closer look, mainly to specific types of the disease, such as acute myeloid leukemia.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5555
Appears in Collections:PPGASC - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_8495_DISSERTAÇÃO FINAL 06.02.2014.pdf1.78 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.