Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5594
Title: Atributos físico-hídricos do solo em lavoura de café conilon submetida à subsolagem
Other Titles: Attributes Physical-Hydric in Soil Tillage Conilon Café Subjected to subsoiling
metadata.dc.creator: Souza, Joabe Martins de
Keywords: Coffea canephora;Preparo do solo;Tabuleiros Costeiros;Curva de Retenção;Condutividade hidráulica;Coffea canephora;Soil Preparation;Coastal Tableands;Retention Curve;Hydraulic Conductivity;Soil Porosity
Issue Date: 21-Feb-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: SOUZA, Joabe Martins de. Attributes Physical-Hydric in Soil Tillage Conilon Café Subjected to subsoiling. 2013. 75 f. Dissertação (Mestrado em Agricultura Tropical) - Universidade Federal do Espírito Santo, São Mateus, 2013.
Abstract: O preparo adequado do solo promove modificações nos atributos físicos, principalmente na estrutura, podendo modificar a capacidade de armazenamento de água, fundamental na determinação das necessidades de irrigação para as culturas. O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos do preparo do solo para plantio de café Conilon (Coffea canephora Pierre) submetido à subsolagem, nas propriedades físicas e hídricas do solo. A área experimental foi composta por três talhões cultivados com cafeeiro a 11, 7 e 3 anos, denominados T11, T7 e T3, respectivamente, submetidos à subsolagem nas linhas de plantio. Para as avaliações físico-hídricas do solo, foram retiradas amostras deformadas e indeformadas, na linha (P1) e entrelinha (P2) da cultura e a quatro profundidades 0,00-0,20, 0,20-0,40, 0,40-0,60, 0,60-0,80 m. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com três repetições. As propriedades do solo avaliadas foram massa específica do solo, porosidade total, macroporosidade e microporosidade, além da curva de retenção de água, condutividade hidráulica do solo saturado, resistência do solo à penetração e o índice S. A massa específica do solo, porosidade total e macroporosidade apresentaram diferenças significativas entre os pontos de amostragem para as camadas superiores do solo, com maior porosidade total e macroporos para o ponto P1 e uma maior massa específica do solo para o ponto P2, não diferindo das demais camadas. A porosidade total apresentou um comportamento inverso ao da massa específica do solo e houve aumento da microporosidade e diminuição da macroporosidade em profundidade. Entre os talhões com diferentes idades, as propriedades físico-hídricas do solo não apresentaram diferenças significativas, mostrando que as melhorias da subsolagem são persistentes ao longo dos anos nessa condição de cultivo. A resistência à penetração diferiu entre os pontos amostrais, ocorrendo um aumento com a profundidade, não diferindo, todavia, entre os talhões. Foi observada uma correlação positiva entre resistência à penetração e a massa específica e microporosidade, e negativa com a macroporosidade. A condutividade hidráulica do solo saturado apresentou diferença entre os pontos amostrais, nas camadas de 0,00-0,40 m, não apresentando diferença entre os talhões. Ocorreu uma correlação negativa entre a resistência à penetração e a microporosidade e correlação positiva com a macroporosidade. O coeficiente de determinação de ajuste das curvas de retenção de água no solo foi superior a 98% e os parâmetros de ajuste aumentaram com a profundidade. A disponibilidade de água apresentou-se, em geral, maior na linha do cafeeiro, até 0,60 m, mostrando o benefício da subsolagem na retenção de água. O índice S foi maior na linha de plantio, apresentando alta correlação com a porosidade e a massa específica do solo. A subsolagem alterou as propriedades físico-hídricas do solo, proporcionando um equilíbrio entre a macro e a microporosidade, aumento da disponibilidade de água e condutividade hidráulica do solo saturado, e ainda maior retenção de água em baixas tensões. O índice S mostrou-se como uma boa ferramenta para avaliar a qualidade do solo nessas condições
The proper preparation of the soil promotes changes in physical attributes, especially the structure and can modify the storage capacity of water, crucial in determining irrigation needs for crops. The aim of this study was to evaluate the effects of soil preparation for planting Conilon coffee (Coffea canephora Pierre) submitted to subsoiling, physical properties and soil water. The experimental area consisted of three plots cultivated with coffee at 11, 7 and 3 years old, called T11, T7 and T3, respectively, submitted to subsoiling in the rows. For the evaluations hydrophysical soil samples were collected and undisturbed, in line (P1) and leading (P2) culture and four depths 0.00 to 0.20, 0.20-0.40, 0.40 -0.60, from 0.60 to 0.80 m. The experimental design was completely randomized design with three replications. The soil properties were evaluated soil bulk density, total porosity, macroporosity and microporosity, besides the water retention curve, saturated hydraulic conductivity, resistance to penetration and index S. The soil density, total porosity and macroporosity showed significant differences between the sampling points for the upper soil layers with higher porosity and macropore to the point P1 and a higher density of the soil to the point P2, did not differ from other layers. The total porosity showed an inverse behavior to the specific weight of the soil and increased the microporosity and macroporosity decrease in depth. Among the areas with different ages, physical and hydraulic properties of the soil showed no significant differences, showing that improvements of subsoiling are persistent over the years in this culture condition. The penetration resistance differed between sampling points, occurring with increasing depth, no difference, however, between the plots. We observed a positive correlation between penetration resistance and bulk density and microporosity, macroporosity and negative. The saturated hydraulic conductivity differ between sampling points in the layers of 0.00-0.40 m, with no significant difference between the plots. There was a negative correlation between penetration resistance and positive correlation with microporosity and macroporosity. The determination coefficient of adjustment curves water retention in the soil was greater than 98% and tuning parameters increased with depth. Water availability presented in general higher in the coffee line, until 0.60m, showing the benefit of subsoiling water retention. The S was higher in the rows, showing high correlation with the porosity and density of the soil. Subsoiling changed the physical and hydraulic properties of the soil, providing a balance between macro and micro, increased water availability and soil saturated hydraulic conductivity, and greater water retention at low voltages. The S proved to be a good tool to assess soil quality under these conditions
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5594
Appears in Collections:PPGAT - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Jooabe Martins de Souza.pdf1.56 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.