Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5630
Title: Planejamento sucessório em empresas familiares : um estudo em uma empresa do setor metal-mecânico
metadata.dc.creator: Silva, Caio Ruano da
Keywords: Empresa familiar; Processo sucessório; Valores da família; Cultura organizacional
Issue Date: 27-Aug-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Abstract: The main goal of this dissertation is to investigate how the values of the entrepreneur family and the organizational culture affects the planning structure of the succession process in a family business group located in the Espírito Santo State. The data was collected through methodological triangulation, as suggested by Jick (1979), and the selected methods were semi-structured interviews, nonsystematic observation and document research. The data was analyzed using thematic content analysis (BARDIN, 2006). As main contribution, this dissertation illustrates that a disruption of the family values shared in the founder s generation and the ones of his descendents directly affected the choice of the potential successor for the business. It is probable that the mentioned disruption is related to a transition in the way the family organized itself. Until the founder s generation the family organized itself as a production unit. Perhaps, it was observed that the heirs shifted to a consumption unit s mindset (DAVEL e COLBARI, 2000). It s also possible that the main cause of the founder s insecurity lies on his fear that the organizational values might change after the succession. This argument is considered valid, once the choice of the potential successor was based mainly in normative trust, which is developed based in common values between the parties (LANE, 1998). Moreover, some aspects of the organizational culture, such as its informality and the centralized and intuitive decision making processes, reflect on the succession process planning structure, which was observed to share the same characteristics
O objetivo desta dissertação é investigar como os valores da família empresária e a cultura organizacional influenciam no planejamento do processo sucessório em uma empresa familiar, de grande porte, localizada no Estado do Espírito Santo. Os dados foram coletados utilizando a triangulação metodológica proposta por Jick (1979), articulando entrevistas semiestruturadas, observação direta e pesquisa e análise documental. A análise dos dados foi feita por meio de análise do conteúdo (BARDIN, 2006). Como contribuição, esta dissertação demonstra que as rupturas de valores familiares entre a geração do fundador e a dos seus descendentes afetaram diretamente a escolha do potencial sucessor. É provável que essa ruptura de valores esteja relacionada com a transição da família, que até a geração do fundador se organizava como unidade de produção e, posteriormente, passou a se caracterizar como unidade de consumo (DAVEL e COLBARI, 2000). Também é possível que a maior causa da insegurança por parte do fundador em deixar a empresa resida no medo de que os valores culturais se alterem. Essa proposição sustenta-se na análise de que o principal critério usado para a escolha do potencial sucessor tenha sido a confiança desenvolvida com base em valores comuns (LANE, 1998). Ademais, postula-se que a cultura organizacional com processos de tomada de decisão centralizados e intuitivos é refletida no planejamento do processo sucessório, que compartilha das mesmas características
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5630
Appears in Collections:PPGADM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Caio Ruano da Silva.pdf991.09 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.