Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5634
Title: Sem definição, abertura e informação, não pode haver participação: o caso da gestão de projetos e ações sociais nos correios do Espírito Santo
metadata.dc.creator: Silva, Reziere Degobi da
Keywords: participation;participative management;subjectivity;organizational social projects and actions;information technology;participation;participative management;subjectivity;organizational social projects and actions;information technology
Issue Date: 23-Mar-2007
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Abstract: O presente estudo teve por objetivo discutir o tema da participação de colaboradores em projetos e ações sociais organizacionais, confrontando-o com a temática da gestão participativa auxiliada pelas tecnologias da informação para o fortalecimento da participação nos Projetos e Ações Sociais da Diretoria Regional do Espírito Santo da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, coordenados por seu Comitê Regional de Ações Sociais. Além disso, foi abordada também a temática do s sentidos atribuídos pelos colaboradores à sua participação em tais projetos e ações sociais. O principal resultado apresentado pela pesquisa consiste na constatação de que a participação dos colaboradores da empresa estudada em seus projetos e ações sociais é ainda fraca, mas latentemente potencial; constatou-se ainda que mais definições, apoio, canais de comunicação em duas vias e acesso à informação, além de uma maior abertura por parte da empresa, são essenciais à participação de seus colaboradores, segundo eles mesmos. Integração, expectativas, satisfação, omissão, identificação, oportunidade, missão, frustração, recusa, (in)compatibilidade de perfil, espiritualidade, colaboração e ação são alguns dos sentidos declarados e por vezes indiretamente identificados nas respostas dos colaboradores em geral sobre sua participação em projetos e ações sociais. Essas evidências corroboram o quadro teórico adotado para a compreensão da participação, especialmente a voluntária e no local de trabalho, seus sentidos e formas de gestão e fomento, especialmente quando se tratam de projetos e ações sociais organizacionais. Além disso, revelou-se com a pesquisa que se faz necessário utilizar os recursos tecnológicos já disponíveis na organização de maneira mais adequada para beneficiar seus projetos e ações sociais e tornar sua gestão mais aberta à participação.
The main goal of this study was to argue the subject of employer’s participation in organizational social projects and actions, collating it with the thematic of the Participative Management assisted by the Information Technologies as a way to increase such participation in the Diretoria Regional do Espírito Santo da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos’ Social Projects and Actions, coordinated for its Comitê Regional de Ações Sociais. Moreover, it has been also boarded the thematic of the senses attributed by employers to its own participation in such social projects and actions. The research found as main results that employer’s participation on organizational social project and actions of the studied enterprise still is weak, but latently potential; besides, more definitions, politics, support, two-ways communication-channels and enterprise openness’ are essential to its employer’s participation became possible. Integration, expectations, satisfaction, omission, identification, chance, mission, frustration, refuse, profile compatibility, spirit-state philosophy, contribution and action are some of the declared directions and for times indirectly identified in the answers of the collaborators in general on its participation in projects and social actions. These evidences corroborate the adopted theoretical framework for the participation’s understanding, especially the volunteer kind and occurring at the workplace, its senses and forms of management and increasing, especially when social projects and actions are about organizational initiatives. On the other hand this research revealed that if makes necessary to give a better use to the available technological resources already present in the studied organization as a way to benefit its social projects and actions and to make its management become more open to the employer’s participation.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5634
Appears in Collections:PPGADM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Reziere Degobi.pdf1.32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.