Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5674
Title: Assistência pré-natal em Vitória - Espírito Santo: avaliação da concordância e da adequação do processo
metadata.dc.creator: Polgliane, Rúbia Bastos Soares
Keywords: Saúde Materno-infantil;Cuidado Pré-Natal;Qualidade da Assistência à Saúde;Avaliação em saúde;Viés (Epidemiologia);Maternal and Child Health;Prenatal Care;Quality of Health Care;Health evaluation;Bias (Epidemiology)
Issue Date: 10-Apr-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: POLGLIANE, Rúbia Bastos Soares. Assistência pré-natal em Vitória - Espírito Santo: avaliação da concordância e da adequação do processo. 2013. 123 f. Dissertação (Mestrado em Política, Administração e Avaliação em Saúde) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2013.
Abstract: Introduction: Process evaluation of prenatal care is relevant in order to contribute to the actions of reducing rates of maternal and infant mortality. Objectives: To assess the agreement between the data recorded on the pregnant/´s card and the medical records of Primary Care on prenatal care in the National Health Sistem city of Vitória, Espírito Santo (ES), Brazil, to evaluate the adequacy of prenatal care in the county according to the criteria established by the Program for the Humanization of Prenatal and Birth (PHPN) and the World Health Organization (WHO) through the data recorded on the pregnant/´s cards. Methodology: Were interviewed 360 puerperae in three main public hospitals of the city of Vitória-ES, at delivery, from April 2010 to February 2011. Besides the interview, was made a full copy of the pregnant/´s card and the medical records. The information on prenatal care, their women, registered in the records of primary care were collected from January to June 2012. The data were processed and analyzed using SPSS version 18.0, PEPI version 4.0 and Microsoft Excel 2010. Statistical tests of Kappa, Kappa adjusted for prevalence and McNemar were applied to the verification of the consistency and trend of disagreement. Moreover, calculations of absolute and relative frequencies and confidence intervals were performed to analyze the adequacy of the process parameters of prenatal care. Results: The concordance between the records of pregnant/´s cards and medical records of primary care is mostly bad (Kappa<0,20). No puerpera had a process of prenatal care entirely appropriate to WHO criteria, while only 5% of the puerperae had prenatal care in consonance to PHPN. Conclusion: It is recommended that in studies evaluating or monitoring the pregnant card must be used as primary source. The adequacy of the process of prenatal care in the city far from that recommended by national and international criteria. Accordingly, strategies should be adopted to ensure the achievement of the minimum recommended procedures and to establish a pattern of systematic recording of information in the medical records of primary care
Introdução: A avaliação do processo da assistência pré-natal assume relevância no sentido de contribuir para com as ações de redução das taxas de morbimortalidade materna e infantil. Objetivos: Verificar a concordância entre os dados registrados no cartão da gestante e no prontuário da Atenção Básica sobre a assistência pré-natal no Sistema Único de Saúde (SUS) do município de Vitória, Espírito Santo (ES), Brasil; avaliar a adequação da assistência pré-natal no município segundo os critérios estabelecidos pelo Programa de Humanização do Pré-Natal e Nascimento (PHPN) e pela Organização Mundial de Saúde (OMS) por meio dos dados registrados nos cartões das gestantes. Metodologia: Entrevistou-se 360 puérperas nas três principais maternidades públicas do município de Vitória-ES, por ocasião do parto, no período de abril de 2010 a fevereiro de 2011. Além da entrevista, realizou-se cópia integral do cartão da gestante e do prontuário médico. As informações sobre a assistência pré-natal, das respectivas mulheres, registradas nos prontuários da atenção básica foram coletadas no período de janeiro a junho de 2012. Os dados foram processados e analisados nos programas SPSS versão 18.0, PEPI versão 4.0 e Microsoft Office Excel 2010. Testes estatísticos de Kappa, Kappa ajustado pela prevalência e McNemar foram aplicados para a verificação da concordância e da tendência de discordância. Além disso, cálculos das frequências absoluta e relativa e intervalos de confiança foram executados para analisar os parâmetros de adequação do processo da assistência pré-natal. Resultados: A concordância entre os registros dos cartões das gestantes e prontuários da atenção básica é, em sua maioria, ruim (Kappa<0,20). Nenhuma puérpera teve um processo de assistência pré-natal totalmente adequado segundo os critérios da OMS, enquanto apenas 5% das puérperas realizaram o pré-natal em consonância ao PHPN. Conclusão: Recomenda-se que em estudos de avaliação ou monitoramento o cartão da gestante deve ser utilizado como fonte prioritária. A adequação do processo da assistência pré-natal no município está distante do preconizado pelos critérios nacionais e internacionais. Nesse sentido, estratégias devem ser adotadas para garantir a realização dos procedimentos mínimos preconizados e para estabelecer um padrão sistematizado de registro das informações nos prontuários da atenção básica
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5674
Appears in Collections:PPGASC - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rubia Bastos Soares Polgliane.pdf3.84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.