Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5675
Title: Análise da recidiva local do câncer de mama em mulheres submetidas à cirurgia conservadora
metadata.dc.creator: Tovar, Juliana Rodrigues
Keywords: Neoplasias da mama;Saúde da Mulher;Recidiva Local de Neoplasia;Mastectomia Segmentar;Cirurgia;Análise de Sobrevida;Segmental Mastectomy;Surgery, Survival Analysis
Issue Date: 27-Mar-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: TOVAR, Juliana Rodrigues. Análise da recidiva local do câncer de mama em mulheres submetidas à cirurgia conservadora. 2013. 113 f. Dissertação (Mestrado em Política, Administração e Avaliação em Saúde) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2013.
Abstract: Introdução: A cirurgia conservadora já é considerada procedimento de escolha quando a mulher é acometida por um tumor em estágio inicial. Em consequência desta conservação do tecido mamário, a recorrência local do câncer é uma crescente preocupação. Objetivos: Descrever o perfil sociodemográfico e clínico das mulheres com recidiva local do câncer de mama, submetidas à cirurgia conservadora no Hospital Santa Rita de Cássia/Afecc, Vitória- ES, cadastradas no período de Janeiro de 2000 a Dezembro de 2010, examinar a associação entre as variáveis clínicas e sociodemográficas e a incidência de recidiva local e analisar a sobrevida livre da recidiva local dessas mulheres. Metodologia: Foram realizados dois estudos: o primeiro trata-se de um estudo de coorte retrospectiva e o segundo refere-se a um estudo de sobrevida com a utilização de dados secundários. A amostra compôs-se por 880 casos de mulheres com diagnóstico de câncer de mama e atendidas no Hospital Santa Rita de Cássia/Afecc. Utilizou-se o método Kaplan-Meier e o modelo multivariado de riscos proporcionais de Cox, enquanto testou-se a significância estatística pelo método log-rank. Resultados: A recidiva ocorreu em 60 pacientes (6,8%) e a média do tempo entre a cirurgia e a recidiva de 35,5 meses. Na análise multivariada do estudo de sobrevida livre de recidiva local, identificou-se relação de risco para a faixa etária até 39 anos (p=0,083 e HR=6,19), comprometimento positivo das margens cirúrgicas (p=0,001 e HR= 3,49) e Her-2 positivo (P=0,033 e HR=1,89). Conclusões: A seleção de cada paciente para a conduta mais adequada deve ser feita cuidadosamente, de forma a estabelecer as principais características sociodemográficas e clínicas que possam auxiliar na escolha do melhor tratamento. Do mesmo modo, a escolha da melhor técnica cirúrgica é fundamental no sentido de reduzir os gastos com tratamentos de resgate e diminuir o sofrimento físico e psicológico da mulher
Introduction: Conservative surgery is now considered the procedure of choice when a woman is affected by a tumor at an early stage. As a consequence of conservation of breast tissue, the local recurrence of cancer is a growing concern. Objectives: To describe the sociodemographic and clinical profiles of women with local recurrence of breast cancer, undergoing conservative surgery Santa Rita Hospital in Vitória, Espírito Santo State, Brazil, from January 2000 to December 2010, to examine the association between clinical and sociodemographic and the incidence of local recurrence and analyze local recurrence-free survival of these women. Method: Two studies were performed: the first one is a retrospective cohort study and the second refers to a survival study using secondary data. The sample consisted of 880 women. To estimate the survival period in general and by stratum, the Kaplan Meyer method was employed. The independent effect of variables was checked by Cox/ s model of multivariate proportional risk, while statistical significance was tested through the log-rank method Results: The breast recurrence occurred in 60 patients (6,8%) and the average time between surgery and recurrence of 35,5 months. In multivariate analysis, we identified hazard ratio for the age group up to 39 years (p=0.083 and HR=6.19), positive surgical margin involvement (p = 0.001 and HR = 3.49) and Her-2 positive (p=0.033 and HR=1.89). Conclusions: The selection of each patient to the most appropriate management must be done carefully in order to establish the main sociodemographic and clinical characteristics that might help to choose the best treatment. Similarly, the choice of the best surgical technique is essential to reduce spending on treatments rescue and decrease the psychological suffering of the patient
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5675
Appears in Collections:PPGASC - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Juliana Rodrigues Tovar.pdf1.7 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.