Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5688
Title: Avaliação da orientação profissional relacionada ao exame bacteriológico de escarro em unidades de saúde do município de Vitória/ ES
metadata.dc.creator: Bezerra, Dijoce Prates
Keywords: Tuberculose;Diagnóstico;Escarro;Orientação;Tuberculosis;Diagnosis;Sputum
Issue Date: 25-Apr-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: BEZERRA, Dijoce Prates. Avaliação da orientação profissional relacionada ao exame bacteriológico de escarro em unidades de saúde do município de Vitória/ ES. 2013. 70 f. Dissertação (Mestrado em Política, Administração e Avaliação em Saúde) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2013.
Abstract: Tuberculosis infection represents a major problem in public health a baciliferous patient may infect an average of 12 to 15 people a year. In order to have an effective control of TB, it is necessary to early detect, identify and quantify its causing agent throughthe diagnostic methods of skin smear and mycobacterial culture. An appropriate professional training becomes essential to avoid mistakes in the diagnostic process, such as the increase of contamination rates and decrease of sensitiveness in the tests. Thus, the aim of this study is to analyze the health professional s knowledge related to sputum collection, transportation and storage in public health centers of Vitoria, ES, and to evaluate the completeness of the filling out of requisition forms for bacteriological examinations. The results of this study were divided in two papers: the firststudywasa cross sectional studyperformed in a sample of 251 health professionals in 12 health centers in the municipality of Vitoria.The sample was stratified into two groups: one with PCT (Programa de Controle de Tuberculose) comprehending the centersthat use the TB control programand the other group without PCT , comprehending the health centers which do not have such program. The non-parametric Mann Whitney test, Pearson s Chi squared test and Odds Ratio were used, considering as statistically relevant the pvalue< 0,05. The gross and net odds ratios were calculated using the logistic regression model. Comparing the instructions provided by the health professionals who work in health centers which have a TCP in relation to the centers that do not have this program for the collection, transportation and storage of sputum test, within nineteen variables, only three presented statistically relevant difference: to cough up straight into the jar (p: 0,031),to collect it in a labeled jar (p: 0,015) and keep the sample in the refrigerator (p: 0,016). The results suggest lack of specific knowledge about the bacteriological examination of sputum, from both health professionals who work directly with the TB control and from those who work in PHC. This finding makes clear thenecessityof training the health professionals responsible for the Tuberculosis Control in order to ensure the reliability of this diagnostic method. For the second study we used a sample of 181 requisitions from two health centers of excellence for the Tuberculosis Program in the municipality of Vitoria, ES. In order to evaluate the completeness of the filling out of fields, the following variables were analyzed: patient s full name (97,81% were filled out), type of sample (97,27%), request of mother s name (96,72%), data to locate the patient (96,72%), request of patient s age (85,25%) and request of patient s ID number which was the least filled out information (42,27%). 85,2% of the requisitions were evaluated as Good, 14,3% as Average and 0,5% as Bad. The information found in the requisition of sputum test presented a high degree of completeness, suggesting an appropriate and timely filling out, except for the request of patient s ID numberwhich still demands the health professional s attention in order to ensure the quality and post processing of data
A infecção da tuberculose representa um sério problema de saúde pública, podendo um paciente bacilífero transmitir a doença para, em média, 12-15 pessoas por ano. Para o efetivo controle da tuberculose, é necessário detectar, identificar e quantificar precocemente o seu agente causador através dos métodos diagnósticos:. baciloscopia e cultura de micobactérias. A orientação profissional adequada torna-se imprescindível para evitar falhas no processo diagnóstico, como o aumento das taxas de contaminação e diminuição da sensibilidade dos testes. Assim, o estudo tem como objetivos analisar o conhecimento do profissional de saúde relacionado aos procedimentos de coleta, transporte e armazenamento do escarro em unidades de saúde do município de Vitória/ES e avaliar a completude do preenchimento da ficha de requisição do exame. Os resultados do estudo foram divididos em dois artigos: o primeiro estudo, de corte transversal, foi realizado a partir de uma amostra de 251 profissionais lotados em 12 unidades de saúde do município de Vitória. A amostra foi dividida em dois grupos: o grupo com PCT , incluindo as unidades que possuem o Programa de Controle de Tuberculose e o grupo sem PCT , englobando as unidades que não o possuem. Foram aplicados o Teste Não-Paramétrico de Mann Whitney, Qui-quadrado de Pearson e Razão de Chances, considerando como estatisticamente significante o p-valor <0,05. Os odds ratios brutos e ajustados foram calculados pelo modelo de regressão logística. Em relação às orientações dadas pelos profissionais das unidades com PCT quando comparadas aos das sem PCT para coleta, transporte e armazenamento do exame de escarro, das dezenove variáveis, apenas três obtiveram diferença estatisticamente significante: escarrar diretamente dentro do frasco (p: 0,031), coletar em frasco identificado (p: 0,015) e colocar a amostra em geladeira (p: 0,016). Os resultados sugerem a carência de conhecimento específico sobre o exame bacteriológico de escarro, tanto dos profissionais de saúde que trabalham diretamente com o controle da TB, quanto dos profissionais que trabalham na Atenção Primária em Saúde, tornando evidente a necessidade de qualificação destes profissionais a fim de assegurar a confiabilidade deste método diagnóstico. No segundo estudo, foi utilizada uma amostragem de 181 requisições de duas unidades de saúde de referência para o tratamento de tuberculose do município de Vitória. Para avaliação da completude do preenchimento dos campos, foram analisadas as seguintes variáveis: nome completo do paciente (97,81% de completude), tipo de amostra (97,27%), solicitação do nome da mãe (96,72%), dados para a localização do paciente (96,72%), solicitação da idade do paciente (85,25%) e solicitação do documento do paciente, com a menor porcentagem de preenchimento (42,27%). A completude foi considerada Boa em 85,2% das requisições, Regular em 14,3% e Ruim em 0,5% das requisições. As informações presentes na requisição do exame de escarro apresentaram alto grau de completude, sugerindo o preenchimento adequado e oportuno das variáveis, exceto na solicitação do documento do paciente para o preenchimento, o que ainda deve requerer a atenção do profissional a fim de assegurar a qualidade e o processamento posterior do dado
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5688
Appears in Collections:PPGASC - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dijoce Prates Bezerra.pdf472.12 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.