Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5714
Title: O processo de trabalho da enfermagem em um hospital pediátrico: relações e intercessões na produção cotidiana do cuidar
metadata.dc.creator: Laignier, Mariana Rabello
Keywords: processo de trabalho em saúde;trabalho da enfermagem;cuidar em saúde;health working process;nursing work;health care
Issue Date: 29-Jun-2005
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: LAIGNIER, Mariana Rabello. O processo de trabalho da enfermagem em um hospital pediátrico: relações e intercessões na produção cotidiana do cuidar. 2005. 157 f. Dissertação (Mestrado em Política, Administração e Avaliação em Saúde) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2005.
Abstract: This research investigates how the Nursing teamwork is processed, in a pediatric public hospital, inserted in Sistema Único de Saúde in Vitória-ES. It is about the power relations in every day production of Nursing work and analyses how the relation between health-work-illness is occurred in the hospital work environment. It develops a study case, which uses qualitative approaches. Data was collected through eleven semi-structured interviews and two workshops based on focal group technician with the participation of fifteen Nursing professionals of average level and twelve nurses, respectively. The empirical material examination was made according to Bardin content analysis, bringing the interviewers discourse to dialogued reflection with the authors who substantiate the theme. The results show that most of the caretakers are women; the work is done in a fragmented way, following a hierarchy historically established; the health assistant model daily observed in the institution is procedure-centered; and the values (less) as well as work conditions intimately interfere in the satisfaction level and in the professional health. It is concluded that relations in institutional micro space must be rethought in order to make the caretaker able to incorporate new practices and participative actions in the every day work.
Esta pesquisa investiga como se dá o processo de trabalho da equipe de Enfermagem, em um hospital público pediátrico, inserido no Sistema Único de Saúde do município de Vitória-ES. Discute as relações de poder na produção cotidiana do trabalho da Enfermagem e analisa como ocorre a relação saúde-trabalho-doença no âmbito do trabalho hospitalar. Desenvolve um estudo de caso que utiliza abordagem qualitativa. Os dados foram obtidos por meio de onze entrevistas semi-estruturadas e duas oficinas com base na técnica de grupo focal das quais participaram quinze profissionais de Enfermagem de nível médio e doze enfermeiros, respectivamente. O exame do material empírico foi feito de acordo com a análise de conteúdo de Bardin, trazendo o discurso dos entrevistados para uma reflexão dialogada com os autores que fundamentam o tema. Os resultados demonstram que os cuidadores são, em sua maioria, mulheres; o trabalho é exercido de forma fragmentada, seguindo uma hierarquia estabelecida historicamente; o modelo assistencial da saúde cotidianamente observado na instituição é procedimento centrado; e a (des)valorização bem como as condições de trabalho interferem intimamente no nível de satisfação e na saúde do profissional. Conclui que as relações no microespaço institucional devem ser repensadas a fim de que o cuidador tenha possibilidade de incorporar novas práticas e ações participativas no cotidiano do seu trabalho.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5714
Appears in Collections:PPGASC - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao Mariana.pdf541.02 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.