Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5716
Title: Influência das características fenotípicas de machos de Heteragrion consors (Odonata: Megapodagrionidae) sobre sua permanência em áreas de encontro entre os sexos
metadata.dc.creator: Loiola, Geovanni Ribeiro
Keywords: Controle de recursos;Libélula;Seleção sexual;Sinalização;Sistemas de acasalamento;Tamanho corporal;Termorregulação;Territorialidade;Valor adaptativo;Resource control;Damselfly;Sexual selection;Signaling;Mating systems;Body size;Thermoregulation;Territoriality;Fitness
Issue Date: 22-Feb-2008
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: LOIOLA, Geovanni Ribeiro. Influência das características fenotípicas de machos de Heteragrion consors (Odonata: Megapodagrionidae) sobre sua permanência em áreas de encontro entre os sexos. 2008. 61 f. Dissertação (Mestrado em Biologia; Conservação e Genética de Vertebrados; Sistemática, Biologia e Ecologia de Insetos) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2008.
Abstract: Heteragrion consors Selys (Odonata: Megapodagrionidae) é uma espécie de libélula que habita riachos em matas fechadas. Machos permanecem pousados em poleiros as margens de córregos, enquanto fêmeas adquirem parceiros e visitam locais de oviposição. A variação diária da abundância de machos e da temperatura ambiental, o orçamento temporal dos machos; o comportamento reprodutivo e sistema de acasalamento da espécie, a distribuição espacial dos machos e hipóteses de que o comportamento (pousado inerte, pousado flexionando o abdômen, voo de deslocamento, voo de forrageio e voo agonístico) e tamanho corporal dos machos afetam a permanência e mobilidade em poleiros preferenciais e determinam estratégias territoriais distintas foram investigadas. Para alcance dos objetivos, incluindo testes de hipótese, uma população de H. consors foi monitorada por 40 dias na Reserva Biológica de Duas Bocas, Espírito Santo, registrando-se o comportamento de 152 indivíduos, localização no ambiente e tomando-se medidas corporais de 63 indivíduos. A espécie apresenta tolerância térmica limitada a alta incidência de radiação solar e recorre a poleiros sombreados nos horários mais quentes do dia, evitando o aquecimento corporal excessivo. Analisando-se 35 horas de amostragem comportamental, machos permanecem pousados e inertes a maior parte do tempo ( x =98,17%, DP= ± 7,58%), utilizando o mesmo poleiro por vários dias consecutivos ( x =4,06 dias; DP= ± 4,08; amplitude=1-20 dias), raramente realizando voos de deslocamento ( x =0,16%; DP= ± 0,85%), forrageio ( x =0,58%; DP= ± 1,06%) e agonístico ( x =0,34%; DP= ± 2,48%); ou acasalamentos (0,4 acasalamentos/dia). O macho permanece em contato com a fêmea em tandem précopulatório ( x =4,55 minutos; DP= ± 5,13; n=27,3 minutos), cópula ( x =15,98 minutos; DP= ± 7,13; n=79,9 minutos) e guarda pós-copulatória com contato ( x =10,07 minutos; DP= ± 7,8; n=40,3 minutos) de longa duração, evitando a perda do sucesso reprodutivo e competição espermática com rivais. As características comportamentais investigadas e o tamanho corporal não exerceram influência sobre a capacidade de monopolização de pontos específicos no ambiente, embora machos com tamanho corporal menor frequentem poleiros mais altos (r=-0,3; P=0,01; n=135). Não foi possível dissociar diferentes estratégias territoriais com base nas características comportamentais investigadas e tamanho corporal dos machos, mas conflitos aéreos e permanência no mesmo poleiro por vários dias podem significar territorialidade. A seleção sexual (intrasexual e intersexual) aparentemente opera em intensidade baixa na espécie, que apresenta baixo grau de dimorfismo sexual. O sistema de acasalamento não se baseia na monopolização de recursos pelos machos, consistindo em um sistema de acasalamento por encontro limitado, com encontros raríssimos entre machos e fêmeas e disponibilidade abundante de locais oviposição. O impacto da longevidade dos machos sobre o sucesso reprodutivo merece investigação futura, pois tende a ser característica influente na aquisição de parceiras, havendo maior vantagem para machos que vivam mais e explorem maior número de eventos reprodutivos extremamente raros. A abundância de fêmeas, gordura e simetria corporal dos machos, características do substrato submerso nos segmentos com poleiros e a velocidade da corrente hídrica também são variáveis que podem definir a permanência dos machos em um mesmo poleiro e a visitação de fêmeas, merecendo também futuras pesquisas
Heteragrion Consors Selys (Odonata: Megapodagrionidae) is a species of dragonfly inhabits streams in dense forests. Males remain resting perches on the banks of streams, while females acquire partner and visit places of oviposition. The daily variation of the abundance of males and ambient temperature, the time budget of males, the reproductive behavior and mating system of the species, the spatial distribution of males and assumptions that behavior (perching inert, perching flexing the abdomen, transition flight, foraging flight and agonistic flight) and body size of males affect retention and mobility in preferred roosts and determine distinct territorial strategies were investigated. To achieve these goals, including hypothesis tests, a population of H. Consors was monitored for 40 days in Duas Bocas Biological Reserve, Espírito Santo, southeastern region of Brazil, registering the behavior of 152 individuals, location in the environment and taking body measurements of 63 individuals. The species has a limited thermal tolerance to high incidence of solar radiation and uses shaded perches in the hottest times of the day, avoiding excessive body heat. Analyzing the 35 hours of sampling behavioral male inert and remain resting most of the time ( x =98.17%, SD= ± 7.58%), using the same perch for several consecutive days ( x =4.06 days; SD= ± 4.08; range=1-20 days), rarely performing transition flights ( x =0.16%, SD= ± 0.85%), foraging flights ( x =0.58%, SD= ± 1,06%) and agonistic flights ( x =0.34%, SD= ± 2.48%), or mating (0.4 matings/day). The male remains in contact with the female pre-copulatory tandem ( x =4.55 minutes, SD= ± 5.13, n=27.3 minutes), copulation ( x =15.98 minutes, SD= ± 7.13, n=79.9 minutes) and contact post-copulatory guarding ( x =10.07 minutes, SD= ± 7.8, n=40.3 minutes) of long duration, avoiding the loss of reproductive success and sperm competition with rivals. Behavioral characteristics investigated and body size had no influence on the ability to monopolization of specific points in the environment, although males with smaller body size perches attend higher (r=-0.3, P=0.01, n=135). It was not possible to separate different spatial strategies based on behavioral characteristics investigated and body size of males, but air conflicts and stay on the same perch for several days can mean territoriality. Sexual selection (intrasexual and intersexual) apparently operates at low intensity in the species, which has a low degree of sexual dimorphism. The mating system is not based on the monopolization of resources by males, consisting of an encounter-limited mating system, with rare encounters between males and females and abundant availability of oviposition sites. The impact on the longevity of male reproductive success deserves further investigation, because it tends to be characteristic influential in acquiring partner, with greater advantage for males to live longer and explore more reproductive events extremely rare. The abundance of females, fat and body symmetry in males, characteristics of the substrate submerged in segments with perches and speed of the water current are also variables that can determine the permanence of males in the same perch and visitation of females, also deserves further research
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5716
Appears in Collections:PPGBAN - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Giovanni Ribeiro Loiola.pdf906.63 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.