Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5776
Title: Florística e estrutura de um fragmento de Floresta Montana na Serra do Valentim, Iúna, Espírito Santo
Other Titles: Floristics and structure of a fragment of montane forest in Serra do Valentim, Iúna, Espírito Santo
metadata.dc.creator: Zorzanelli, João Paulo Fernandes
Keywords: Fitossociologia;Similaridade florística;Mata atlântica;Diversidade de espécies;Phytosociology;Floristic similarity;Atlantic forest;Species diversity
Issue Date: 30-Aug-2012
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: ZORZANELLI, João Paulo Fernandes. Floristics and structure of a fragment of montane forest in Serra do Valentim, Iúna, Espírito Santo. 2012. 132 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Jerônimo Monteiro, 2012.
Abstract: Os objetivos deste estudo foram listar as espécies de um trecho de Floresta Ombrófila Montana Serra do Valentim, verificar a distribuição geográfica das mesmas e analisar a estrutura e similaridade florística. Foram coletados materiais botânicos férteis de árvores, arbustos, ervas, epífitas, trepadeiras e lianas ao longo de trilhas e picadas em 25 idas a campo entre os anos de 2011 e 2012. Foi registrado um total de 391 espécies, 220 gêneros e 99 famílias. Dentre estas, 27 foram consideradas ameaçadas de extinção, três endêmicas para o estado do Espírito Santo e três possíveis novas para a ciência. O padrão geográfico mais encontrado foi o neotropical, embora muitas espécies (cerca de 10%) estivessem restritas à vegetação de Mata Atlântica do sudeste do Brasil. A estrutura da vegetação foi analisada num total de 10 transectos de dimensões 50 x 2 metros, sendo registrados todos os indivíduos (vivos e mortos), entre árvores, arbustos e lianas, com DAP≥2,5 cm. Foi mensurado o diâmetro para todos os indivíduos e a altura total foi estimada apenas para os indivíduos vivos. A similaridade florística foi estimada através do índice de Bray-Curtis e o algoritmo WPGMA foi utilizado para agrupar as vegetações referentes a 12 listagens florísticas. Foram encontradas 146 espécies, 95 gêneros e 53 famílias, sendo a espécie com maior valor de importância Euterpe edulis Mart. O índice de Shanon (H =3,60 nats/ind.) foi próximo ao encontrado para florestas bem preservadas da Mata Atlântica e o índice de Pielou (J=0,72) foi considerado elevado. Os valores de similaridade foram baixos revelando pouca consistência na análise de agrupamento. Os resultados demonstraram a grande lacuna existente em termos de conhecimento florístico para as vegetações do estado do Espírito Santo, bem como para a região do entorno do Caparaó, sugerindo um processo de intensificação de coletas e estudos estruturais e florísticos, em face da grande riqueza encontrada. A distinção da vegetação da Serra do Valentim em relação às demais analisadas representa a heterogeneidade existente ao longo da Mata Atlântica em resposta a diversos fatores, entre fisiográficos, edáficos, climáticos e altimétricos. Estes fatores contribuem para a formação de centros de diversidade pontuais restritos a pequenas regiões. Diante da riqueza encontrada, da flora ameaçada, do nível de endemismo e das possíveis novas espécies, a Serra do Valentim é merecedora de políticas de conservação
The objectives of this study were to list the species a stretch montane rain forest Serra do Valentim, verify the geographical distribution of the same and analyze the structure and floristic similarity. F ertile botanical materials were collected from trees, shrubs, herbs, epiphytes, vines and lianas along tracks and trails on 25 field trips between the years 2011 and 2012. A total of 391 species, 220 genera and 99 families were registered. Among these, 27 were considered endangered, three endemic to the state of Espírito Santo, and three possible new to science. The most geographical pattern found was neotropical, although many species (about 10%) were restricted to Atlantic Forest vegetation in southeastern Brazil. The vegetation structure was analyzed in a total of 10 transects of dimensions 50 x 2 meters, and recorded all individuals (living and dead), among trees, shrubs and lianas with DBH ≥ 2.5 cm. Diameter was measured for all individuals and the overall height was estimated only for individuals alive. The floristic similarity was estimated using the Bray-Curtis index and WPGMA algorithm was used to group the vegetation related to 12 floristic listings. Were found 146 species, 95 genera and 53 families, and the species with the highest importance value was Euterpe edulis Mart. The Shanon index (H = 3.60 nats / ind.) was close to that found for the unspoilt forests of the Atlantic Forest and the Pielou index (J = 0.72) was considered high. The similarity values were low revealing lacking consistency in cluster analysis. The results showed the large gap in terms of floristic knowledge to the vegetation of the state of Espírito Santo, as well as the area surrounding the Caparaó, suggesting a process of intensification of collections and floristic and structural studies, due to the great wealth found. The distinction of the vegetation from Serra do Valentim in relation the others analyzed represents the heterogeneity along the Atlantic in response to several factors, among physiographic, edaphic, climatic and altimetric. These factors contribute to the formation of punctual centers of diversity restricted to small regions. Given the wealth found, threatened flora, level of endemism and possible new species, Serra do Valentim is worthy of conservation policies
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5776
Appears in Collections:PPGCF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Joao Paulo Fernandes Zorzanelli.pdf1.8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.