Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5841
Title: Análise espacial do risco de fasciolose bovina no estado do Espírito Santo por meio dos sistemas de informações geográficas
metadata.dc.creator: Freitas, Deivid França
Keywords: Fasciola hepatica;Bovinos;Prevalência;Mudanças climáticas;Matadouro;Fasciola hepatica;Cattle;Prevalence;Climate change;Slaughterhouse
Issue Date: 27-Feb-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: FREITAS, Deivid França. Análise espacial do risco de fasciolose bovina no estado do Espírito Santo por meio dos sistemas de informações geográficas. 2013. 107 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) - Universidade Federal do Espírito Santo, Alegre, 2013.
Abstract: The fasciolosis is a disease that affects domestic and wild ruminants and eventually the man. By causing great economic losses to cattle ranching and the high power of global dissemination, it sought alternatives to facilitate the understanding and visualization of disease delimiting potential risk areas in the Espírito Santo state. Thus, favorability maps were drawn on the current and future risk to F. hepatica based on climatic and environmental variables considered essential for maintenance of the disease and bioclimatological zoning maps and prevalence through the Geographic Information System (GIS). The data of cattle slaughter in the Espírito Santo were collected from the 11 slaughterhouses supervised by federal and state inspection services (SIF/SIE/MAPA), beyond the origins of livestock slaughtering in a slaughterhouse located in the municipality of Anchieta in the years 2009 to 2011. So, mapping results showed that areas of high risk gaskets totaled 35.42% for the current risk and tended to lessen with increases of 1°C to 5°C in temperature for 33.84%. The zoning map showed that 52.24% of the state areas are located in zones considered suitable for disease development. The combination of maps generated by zoning and prevalence of the 11 slaughterhouses distributed in the state showed that the highest prevalence rates were found in the municipalities located in the Southern region with averages ranging from 0.01% to 28.41%. Considering the result became clear that the epidemiological data, combined with GIS become a valuable tool for making decisions in order to minimize the occurrence and prioritize strategies for prevention and control of fasciolosis in Espirito Santo
A fasciolose é uma enfermidade que acomete os ruminantes domésticos e selvagens e eventualmente o homem. Por ocasionar grandes perdas econômicas à pecuária mundial e pelo alto poder de disseminação, buscou-se alternativas para facilitar a compreensão e visualização da doença delimitando possíveis áreas de risco no estado do Espírito Santo. Dessa forma, foram elaborados mapas de favorabilidade sobre o risco atual e futuro para F. hepatica com base em variáveis ambientais e climáticas consideradas fundamentais para manutenção da doença e mapas de zoneamento bioclimatológico e de prevalência por meio do Sistema de Informações Geográficas (SIG). Os dados de abate de bovinos no Espírito Santo foram coletados junto a 11 matadouros fiscalizados pelos serviços de inspeção federal e estadual (SIF/SIE/MAPA), além das origens do gado abatido em um matadouro localizado no município de Anchieta nos anos de 2009 à 2011. Assim, os resultados do mapeamento demonstraram que as áreas de alto risco perfizeram um total de 35,42% para o risco atual e tenderam a diminuir com os acréscimos de 1°C a 5°C na temperatura para 33,84%. O mapa de zoneamento demonstrou que 52,24% das áreas do estado encontram-se em zonas consideradas aptas para o desenvolvimento da doença. A combinação dos mapas gerados pelo zoneamento e das prevalências observadas nos 11 matadouros distribuídos no estado demonstraram que as maiores prevalências foram verificadas nos municípios situados na região Sul com médias que variaram de 0,01% à 28,41%. Dessa forma, ficou evidente que dados epidemiológicos aliados ao SIG podem ser considerados uma ferramenta valiosa para a tomada de decisões que visem minimizar a ocorrência e priorizar estratégias de prevenção e controle da fasciolose no Espírito Santo
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5841
Appears in Collections:PPGCV - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Deivid Franca Freitas.pdf4.45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.