Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5854
Title: Uso da própolis nos valores de perfil metabólico em ovelhas sob diferentes dietas, no pré e pós-parto
metadata.dc.creator: Rodrigues, Tatiana Fiorotti
Keywords: Albumina;Fase de transição;Metabólitos sanguíneos;Perfil proteico;Ureia;Albumin;Transition phase;Blood metabolites;Proteic profile;Urea
Issue Date: 25-Jun-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: RODRIGUES, Tatiana Fiorotti. Uso da própolis nos valores de perfil metabólico em ovelhas sob diferentes dietas, no pré e pós-parto. 2013. 60 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) - Universidade Federal do Espírito Santo, Alegre, 2013.
Abstract: The objective of this study was to evaluate the action of propolis in the feeding of ewes in pre and post-partum phases and the animal response by plasma concentrations of some blood metabolites. Four treatments were studied, using 16 animals divided in four groups. The treatmens were: Control treatment (TC), control diet; Flushing treatment (TF) control diet with flushing; Flushing Treatment with propolis level 1 (TFP1), control diet with flushing and 20 ml of alcoholic solution of propolis/animal/day and ; Treatment Flushing with level 2 of propolis (TFP2) diet control and flushing with 30 mL of alcoholic solution of propolis/animal/day. The animals were kept in stalls and fed over a period of 37 days, seven of the control diet adaptation and 30 days of blood sampling. Were fed twice a day at 7 AM y 16PM, samples were taken at three-day and one hour before the delivery of food and one and three hours after feeding. There were significant differences among treatments for albumin, which were within normal range, and for globulins, which values were below those considered normal. Aspartate transaminase enzyme presented a significant difference between the phases, before and after birth, but with normal values. Propolis extract did not affect urea and total proteins, however resulted in changes on albumin and globulin levels
Objetivou-se avaliar a ação da própolis na alimentação de ovelhas nas fases de pré e pós-parto e a resposta animal por meio de concentrações plasmáticas de alguns metabólitos sanguíneos. Foram estudados quatro tratamentos, usando-se 16 animais divididos em quatro grupos. Os tratamentos foram: Controle (TC), dieta controle; Tratamento Flushing (TF), dieta controle mais 300 g de fubá de milho; Tratamento Flushing com nível 1 de própolis (TFP1), dieta controle com flushing e 10 mL de solução alcoólica de própolis/animal/dia; Tratamento Flushing com nível 2 de própolis (TFP2), dieta controle com flushing e 15 mL de solução alcoólica de própolis/animal/dia. Os animais foram mantidos estabulados e alimentados em um período de 37 dias, sendo sete de adaptação à dieta controle e 30 dias de coletas de sangue. A alimentação foi feita duas vezes ao dia, às 7 e 16 horas. As coletas de sangue foram realizadas de três em três dias, sendo uma hora antes do fornecimento da alimentação e uma e três horas após a alimentação. Uréia e proteínas totais não apresentaram variações significativas em relação aos tratamentos. Houve diferença significativa entre os tratamentos para a albumina, dentro do intervalo de normalidade, e de globulinas, cujos valores estavam abaixo dos normais. A enzima Aspartato transaminase (AST) apresentou diferença significativa entre as fases de estudo, pré e pós-parto, contudo dentro do intervalo de normalidade. O extrato de própolis não afetou os valores de uréia e proteínas totais, entretanto, resultou em alterações nos níveis de albumina e globulinas
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5854
619
Appears in Collections:PPGCV - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tatiana Fiorotti Rodrigues.pdf717.23 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.