Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5980
Title: Energia do hidrogênio: mudanças paradigmáticas rumo à uma economia verde no Brasil
metadata.dc.creator: Lube, Filipe
Keywords: Sustainable Development Brazil;Energy Alternative source
Issue Date: 28-Jun-2012
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Abstract: This dissertation analyses the development of the energy of Hydrogen in Brazil, guided by the perspective of paradigmatic change. In such a perspective, of sustainable development and green economy, a paradigm shift in the energy sector is required. Energy is fundamental for quality life and welfare improvement, however aiming at sustaining economic growth it is necessary a search for new renewable and cleaner sources of energy, alternative to fossil fuels. This search has been intensified all around the world and in such a context energy of Hydrogen has been as an alternative towards the promotion of an economy of low carbon emission. This work provides a broad picture of the energy of Hydrogen development worldwide. Identifies and analyses initiatives for the development of these technologies in Brazil. It points out, as conclusions, that energy from Hydrogen is not included in the Brazilian Government policies for the energy sector. Regarding strategic studies, it s stressed that important work has been done by the Brazilian Federal Government, especially by the Ministry of Science Technology and Inovation (MCTI), Ministry of Mining and Energy (MME) and the Centre for Strategic Studies (CGEE). Finally, advances main conclusions pointing out both that there is no lack of sources of energy supply in Brazil and that there are multiple options for energy supply when the issue is the greening of the energy matrix in the country. However, it is observed in the Brazilian energy planning a passive posture limited to concerns about energy security, risk of "blackout"; shy, so in exploring the huge energy potential that the country has, and what might have as a goal the transformation of Brazil in energy-exporting country. Energy of Hydrogen in Brazil is a strategic option that still remains in the level of strategic studies. That pattern is also observed at international level with few exceptions of commercial use. Energy of Hydrogen reveals to be the best technical option for clean energy production, however for its general use it is still required significant advances in its cost production cuts setting investment policies to cheaper equipment, creation of infrastructure for distribution and expansion of demand
Esta dissertação analisa o desenvolvimento da energia do hidrogênio no Brasil, numa perspectiva de mudança paradigmática. A perspectiva da sustentabilidade do desenvolvimento e de economia verde basilar no presente trabalho requer mudança de paradigma no setor energético. A energia é fundamental para a melhoria da qualidade de vida e do bem estar da população, porém é necessário buscar novas fontes de energias, limpas e renováveis, alternativamente às fontes de origem fóssil, e que possam sustentar o crescimento econômico. Esta busca tem-se intensificado em todo o mundo e a energia provida pelo hidrogênio tem sido investigada como uma alternativa para o desenvolvimento de uma nova economia menos emissora de carbono. Este trabalho provê um panorama do desenvolvimento da energia do hidrogênio internacionalmente. Identifica e analisa iniciativas para o desenvolvimento da energia do hidrogênio no Brasil. Conclui que nas políticas do setor energético brasileiro a energia do hidrogênio ainda está ausente. Em termos de estudos estratégicos, importantes trabalhos foram desenvolvidos no âmbito do Governo Federal (Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação MCTI, Ministério de Minas e Energia MME e Centro de Gestão e Estudos Estratégicos CGEE). Conclui-se finalmente que não se identificam gargalos no que tange à fontes de oferta de energia no Brasil, como também são múltiplas as alternativas para o progressivo esverdeamento da matriz energética. Entretanto, observa-se no planejamento energético brasileiro uma postura passiva limitada à preocupações com a segurança energética, risco de apagão ; tímido, portanto na exploração da grande potencialidade energética que o país apresenta; e que poderia ter como meta a transformação do Brasil em país exportador de energia. O hidrogênio, por seu turno, que no país e no mundo permanece apenas no plano dos estudos prospectivos, com poucas experiências comerciais, revela-se como uma das melhores alternativas técnicas para a geração limpa de energia elétrica, porém, a generalização de seu uso ainda requer avanços em termos de redução de seus custos de produção via definição de politicas de investimento para barateamento de equipamentos , criação de infra-estrutura de distribuição e ampliação de demanda
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5980
Appears in Collections:PPGECO - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Filipe Lube.pdf1.5 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.