Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5986
Title: Estudo do desenvolvimento humano no Bairro Resistência (Vitória-ES)
metadata.dc.creator: Ferreira, Deiwson Henrique Gomes
Keywords: Desenvolvimento Humano;Indicadores;Vitória;Desenvolvimento Humano;Índice de Condições de Vida;Human Development;Indicators;Vitória;Index of Human Development;Living Conditions Index
Issue Date: 30-May-2008
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: FERREIRA, Deiwson Henrique Gomes. Estudo do desenvolvimento humano no Bairro Resistência (Vitória-ES). 2008. 92 f. Dissertação (Mestrado em Teoria economica; Economia da inovação; Economia regional; Métodos quantitativos) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2008.
Abstract: This work aimed to study the human development in the neighborhood Resistência belonging to the region of São Pedro in the city of Vitória-ES, based on the calculation of the Municipal Human Development Index (HDI-M) and Living Conditions Index (LCI). The latter is an extension of the Human Development Index (HDI), covering more information, that is, while the HDI comprises only three dimensions: health, education and income, embodied in four indicators, the LCI incorporates the addition of these children and housing, total of 18 indicators. This study is necessary to obtain information relating to living conditions of local people in order to help the local public policies. Since this calculation can be done periodically, serving as a diagnosis and evaluation of policies implemented, indicating the areas where the greatest failures occur, thus signaling the need for public interventions in these areas for improving the quality of life of the community. The methodology used in the research was based adopted by João Pinheiro Foundation (FJP) and the Institute of Applied Economic Research (IPEA) of 1998, since the HDI-M and LCI were created by these two bodies. Data were collected by the application of 317 questionnaires in a sample of homes of neighborhood Resistência, statistically defined. The main findings were: 1 - The HDI-M of neighborhood Resistência found himself in the range of medium human development (0.5 <HDI-M <0.8) resulting in the value LCI 0.769 and studied the region remained in the range of high human development, (LCI> 0.8), and more specifically the order of 0.813. 2 - The size and longevity income they remained in the category of medium human development, while the size education remained in the category of high human development for the HDI-M. Already the areas education and income were the worst results they obtained in the LCI, both located in the range of medium human development, the other areas were found to be in the range of high human development.
O presente trabalho procurou estudar o desenvolvimento humano no bairro Resistência pertencente à região do São Pedro no município de Vitória-ES, com base no cálculo do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M) e do Índice de Condições de Vida (ICV). Esse último é uma extensão do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), abrangendo mais informações, isto é, enquanto o IDH engloba apenas três dimensões: saúde, educação e renda, incorporadas em quatro indicadores, o ICV incorpora além destas a infância e habitação, totalizando 18 indicadores. Esse estudo se faz necessário para obter informações relacionadas às condições de vida da população local com o intuito de auxiliar nas políticas públicas locais. Sendo que este cálculo poderá ser feito periodicamente, servindo ainda como diagnóstico e avaliação das políticas implementadas, indicando as áreas onde ocorrem as maiores deficiências, sinalizando assim a necessidade de intervenções públicas nestas áreas para a melhoria da qualidade de vida da comunidade. A metodologia utilizada na pesquisa foi baseada na adotada pela Fundação João Pinheiro (FJP) e do Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (IPEA) do ano de 1998, uma vez que, o IDH-M e o ICV foram criados por estes dois órgãos. Os dados foram levantados pela aplicação de 317 questionários em uma amostra de domicílios do bairro Resistência, estatisticamente definida. Os principais resultados encontrados foram: 1- O IDH-M do bairro Resistência encontrou-se na faixa de médio desenvolvimento humano, (0,5 < IDH-M < 0,8) resultando no valor 0,769 e o ICV da região estudada situou-se na faixa de elevado desenvolvimento humano, (ICV > 0,8), sendo mais precisamente da ordem de 0,813. 2- As dimensões longevidade e renda situaram-se na categoria de médio desenvolvimento humano, enquanto a dimensão educação situou-se na categoria de elevado desenvolvimento humano para o IDH-M. Já as áreas educação e renda foram as que obtiveram piores resultados no ICV, ambas situadas na faixa de médio desenvolvimento humano, as demais áreas situaram-se na faixa de alto desenvolvimento humano.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5986
Appears in Collections:PPGECO - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissert.pdf387.22 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.