Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6015
Title:  O direito ao grito : os múltiplos espaçostempos do cotidiano de uma escola pública do interior e as marcas dos alunos migrantes nos/dos currículos realizados
metadata.dc.creator: Girelli, Danielle Piontkovsky
Keywords: alunos migrantes;marcas;cotidiano;currículo;migrating students;marks;daily;curriculum
Issue Date: 11-Dec-2006
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: GIRELLI, Danielle Piontkovsky. O direito ao grito : os múltiplos espaçostempos do cotidiano de uma escola pública do interior e as marcas dos alunos migrantes nos/dos currículos realizados. 2006. 55 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitoria, 2006.
Abstract: O texto apresenta uma tentativa de tradução dos momentos vividos a partir da pesquisa que investiga as redes de saberesfazeres tecidas e compartilhadas pelos alunos migrantes no cotidiano de uma escola pública municipal de São Roque do Canaã, buscando problematizar as marcas deixadas nos currículos realizados, diante dos múltiplos espaçostempos de vida e das relações estabelecidas com os contextos do cotidiano desses alunos. Aponta para a necessidade de problematizar tais marcas que se configuram como pistas deixadas em suas ações nos currículos, expressando saberes, fazeres, sentimentos, culturas, linguagens, idéias, movimentos e estão colocadas para além do que é permitido. Dizem respeito às formas de serfazer, aos cotidianos de vida, às manifestações culturais e, muitas vezes, constituem para a escola uma ameaça ao instituído, sendo silenciado, excluído, marginalizado. Procura discutir um pouco daquilo que acontece no cotidiano, das experiências vividas pelos alunos que se deslocam por longas distâncias para estarem na escola, com todos os desafios, medos, cansaços e utopias que seus percursos diários exigem. Assume os personagens da pesquisa como sujeitos híbridos que habitam os entre-lugares, estabelecendo práticas de negociação e tradução e deixando suas marcas através de ações e experiências incontroláveis, em movimentos incapazes de fixação. Realiza a investigação com o cotidiano e emprega caminhos metodológicos de caráter qualitativo, com base nos estudos etnográficos. Utiliza como procedimentos para coleta dos dados observação participante, entrevista intensiva e análise de documentos, além de outros recursos, como: filmagem, fotografia, gravação e diário de campo. Enfatiza que o currículo seria realizado nas relações cotidianas, com manifestações de troca, negociação e nas diversas práticas que envolvem poder, discurso e criação de significados. Acredita ainda na possibilidade de produzir outros/novos movimentos nos currículos realizados que considerem as diferenças entre os sujeitos; as identidades colocadas em processos de deslocamento e fuga; as manifestações e articulações culturais.
The text presents an attempt of translation of the moments lived starting from the research that investigates the nets of woven you know-do and shared by the migrating students in the daily of a municipal public school of São Roque of Canaan, looking for to problematize the marks left in the accomplished curricula, before the multiples life space-times and of the established relationships with the contexts of the daily of those students. It appears for the need of problematizing such marks that are configured as tracks left in your actions in the curricula, expressing know, you do, feelings, cultures, languages, ideas, movements and they are placed for in addition it is allowed. They concern the to be-do forms, to the daily of life, to the cultural manifestations and, a lot of times, they constitute to the school a threat to the instituted, being silenced, excluded, marginalized. He/she/you tries to discuss a little of that that happens in the daily, of the experiences lived by the students that move for long distances for us to be at the school, with all the c, fears, fatigues and utopias that your daily courses demand. He/she/you assumes the characters of the research as " hybrid " subjects that inhabit the among-places, establishing negotiation practices and translation and leaving your marks through actions and uncontrollable experiences, in movements unable of fixation. It accomplishes the investigation with the daily and it uses methodological roads of qualitative character, with base in the studies ethnographic. It uses as procedures for collection of the data participant observation, glimpses intensive and analysis of documents, besides other resources, as: filming, picture, recording and field diary. He/she/you emphasizes that the curriculum would be accomplished in the daily relationships, with change manifestations, negotiation and in the several practices that involve to can, speech and creation of meanings. It still believes in the possibility of producing other-new movements in the accomplished curricula, that consider the differences among the subjects; the identities placed in displacement processes and escape; the manifestations and cultural articulations.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6015
Appears in Collections:PPGE - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ANEXOS Dissertacao.pdf235.4 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.