Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6038
Title: Proeja: egressos do Curso Técnico em Metalurgia do Ifes campus Vitória e sua inserção no mundo trabalho
metadata.dc.creator: Queiróz, Antonio Carlos Guimarães de
Keywords: Curso Técnico em Metalurgia na modalidade Eja/Proeja (Brasil);EJA/Proeja (Brasil);Ensino profissional;Mercado de trabalho;Technical Course in Metallurgy in the Professional youth and adult education (Brazil);EJA/Proeja (Brazil);Professional education;Labor market
Issue Date: 24-Apr-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: QUEIRÓZ, Antonio Carlos Guimarães de. Proeja: egressos do Curso Técnico em Metalurgia do Ifes campus Vitória e sua inserção no mundo trabalho. 2013. 161 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2013.
Abstract: A pesquisa teve como objetivo levantar a trajetória de alunos egressos do Curso Técnico em Metalurgia na modalidade Eja/Proeja do Ifes/campus Vitória, no que tange à sua inserção no mundo de trabalho, ou seja, desvelar quais contribuições reais que o curso trouxe para a vida desses sujeitos. Trata-se de uma pesquisa sócio-histórica fundamentada nos princípios marxiano, gramsciano, freiriano entre outros autores. A metodologia utilizada foi o estudo de caso numa perspectiva qualitativa, fazendo uso de vários instrumentos na coleta e produção de dados, tais como: análise documental, questionários e entrevista semiestruturada. O estudo envolveu a escuta de vários sujeitos, entre os quais 28 egressos do curso de Metalurgia, um professor da área técnica, dois pedagogos e a coordenadora do Proeja, no período de 2003 a 2011. A análise dos dados operou com o entrecruzamento dos questionários e entrevistas, o que possibilitou evidenciar a evolução dos egressos do Proeja após o curso, ao se inserirem no mundo do trabalho. Alguns egressos, em torno de 30%, tem se inserido na função de técnico o que significa sua valorização profissional. Os demais buscam alcançar essa valorização uma vez que entre eles encontramos alguns restritos a funções de subempregos, como operadores de equipamentos, comerciários. Por isso, os egressos reconhecem que a qualificação técnica do curso de Metalurgia lhes tem proporcionado inserção no mundo do trabalho e contribuído para melhoria da qualidade de vida, além de promover aspirações de prosseguimento de estudos no ensino superior. O desafio para o Ifes consiste em reconhecer os alunos trabalhadores como sujeitos de diretos, entre os quais o de ter acesso a uma educação integral que relacione seus saberes construídos nas práticas social e cultural com os saberes vinculados à atividade produtiva. Dessa forma, a inserção no mundo do trabalho por parte dos egressos é algo mais amplo, pois envolve buscas e reflexões pelo trabalho digno e emancipador, criador, no sentido ontológico da formação humana
The research aimed to study the trajectory of former high school students of a Technical Course in Metallurgy in the Professional youth and adult education (Eja/ Proeja) Program at Ifes, Vitória, observing their entrance in the workforce. Thus, the job positions and theactual contributions that the course has brought to the lives of these students were analyzed. Socio historical research based on Marxian principles, Gramisciniano, Freirian among other authors. This qualitative case study used a variety of instruments of data collection: document analysis, questionnaires and semi-structured interviews. The subjects of this study were 28 former high school students of the technical course in Mettalurgy, one teacher from the technical area, two schoolmasters and Proeja s coordinator, from 2003 to 2011. In the data analysis, by crossing the data from the questionnaires and interviews, it was possible to identify that the Proeja s former students improved substantially their quality of life after finishing the course and entering into the workforce. Some former students, around 30%, are technicians showing the valuing in their profession. Others seek the valuing of their profession, as we found that some of them are restricted to work as equipment operators, as business employees, etc. Therefore, former students recognize that its technical course metallurgy has given them entry into the workforce and contributed to improving their quality of life, motivating them to continue their studies in the undergraduate education. The challenge for Ifes is to recognize working students as subjects who have rights, among them, it is the right to have access to an education that relates their knowledge built into the social and cultural practices with the knowledge related to their working field. Thus, the former students inclusion in the workforce is something broader, since it involves searching and reflections for decent work and emancipator, creative, in the ontological sense of human being
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6038
Appears in Collections:PPGE - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Antonio Carlos Guimaraes de Queiroz - Parte 1.pdf1.61 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.