Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6061
Title: A participação das crianças na gestão escolar
metadata.dc.creator: Coelho, Paula Cristiane Andrade
Keywords: Cidadania;Escolas Organização e administração;Infância;Participação;Participation;School Management;Citizenship;Infancy
Issue Date: 29-Aug-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: COELHO, Paula Cristiane Andrade. A participação das crianças na gestão escolar. 2013. 149 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2013.
Abstract: Este estudo teve como objetivo conhecer os modos de participação das crianças na gestão escolar, a partir da consideração delas como sujeitos de direitos e atores sociais. Os sujeitos da pesquisa foram adultos e crianças de uma turma de 4º/5º ano do Ensino Fundamental de uma Unidade de Ensino da Rede Municipal Serra (ES). A metodologia caracteriza-se por uma pesquisa de tipo etnográfico, utilizando-se de observação participante, com a realização de entrevistas semiestruturadas em rodas de conversas (formais e informais), além de análise documental (leis, decretos, portarias, atas do Conselho de Escola, Projeto Político-pedagógico), utilizando-se das normas legais que regem a gestão escolar. Discussões sobre participação, gestão escolar, cidadania e participação política das crianças, esta referenciada nos estudos da Sociologia da Infância, embasam a defesa da possibilidade da participação das crianças na gestão escolar, especialmente, pela garantia do seu direito a ter direitos, enquanto cidadãs. A partir dos dados coletados, evidenciou-se que não bastam as normas legais instituírem o direito à participação das crianças para que esta seja, de fato, efetivada. Verificou-se, por meio das narrativas e relatos, que as crianças participam e interferem nas questões da gestão escolar por seus modos próprios, envolvendo resistências, burlas e invenções, que se revelam tanto nas suas relações entre pares quanto com os adultos que com elas interagem. Revelou-se, ainda, o quanto é importante e desafiador para a escola reconhecer as crianças como sujeitos válidos na construção de uma esfera pública compartilhada, legitimando os modos peculiares de participação não apenas nos processos de formalização da democracia, como é o caso dos Conselhos de Escolas, mas no modo como questionam as regras, subvertem as racionalidades dos adultos e buscam novos sentidos nos diferentes tempos e espaços vividos no cotidiano escolar
The purpose of this research was to understand the participation means of children in the school management, beginning with their consideration as subjects of rights and social actors. This research was performed with adults and children in the 4th and 5th grade in a Primary School in the Municipal Teaching Unit of Serra (ES). This methodology is characterized by an ethnographic research, utilizing participant observation, with the performance of semi structured interviews in (formal and informal) conversations, as well as documental analysis (laws, decrees, ordinances, minutes of the school council, political pedagogical project), using the general rules that govern the school management. Discussions about participation, school management, citizenship and the children s political participation, which is referenced in the study of Infancy Sociology, underlie the possible defense of children s participation in school management, specially, in guaranteeing their rights to have rights, as citizens. From the data collected, it was evident that just the legal standards are not enough to establish the children s participation right so that it can be, in fact, effective. It was confirmed by tales and reports, that children participate and interfere with the school management questions for their own means, involving resistance, scams and inventions, that reveal themselves in peer relationships as well as with adults that they interact with. It was also known how important and challenging it is for the school to recognize the kids as valid fellows in the construction of a shared public sphere, legitimizing the peculiar means of participation not only in the democratic formalization process, such as it is in the School Council, but also in the way that they question rules, subvert to adults rationalities and search new meanings in different times and spaces experienced in everyday school life
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6061
Appears in Collections:PPGE - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Paula Cristiane Andrade Coelho.pdf1.52 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.