Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6062
Title: Educação do campo: um estudo sobre cultura e currículo na Escola Municipal de Ensino Fundamental Crubixá - Alfredo Chaves Espírito Santo
metadata.dc.creator: Klein, Sonia Francisco
Keywords: Educação do Campo;Cultura;Currículo;Formação de Educadores;Rural Education;Culture;Curriculum;Training Educators
Issue Date: 3-Jun-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: KLEIN, Sonia Francisco. Educação do campo: um estudo sobre cultura e currículo na Escola Municipal de Ensino Fundamental Crubixá - Alfredo Chaves Espírito Santo. 2013. 228 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2013.
Abstract: The study, linked to Line Culture Research, Curriculum and Training of Educators, the Graduate Program in Education of the Federal University of Espírito Santo, and the Research Group Culture, Partnerships and Rural Education, investigates how knowledge and cultures peasant contribute to the formation of the curriculum of the Municipal School of Basic Education Crubixá the municipality of Alfredo Chaves - Holy Spirit. The study aims to know how to configure general knowledge and peasant cultures in the school curriculum. And specifically examines the curriculum practiced and its relationship with culture is not school. Discusses the knowledge and cultures of the community interface with the curriculum. The qualitative research, with contributions from the case study, favored the production of dialogical practices with research subjects, with survey data from various sources, which include document analysis, observation of the school environment and praxis teaching the teacher in the classroom, interviews with students, school staff and local community. Uses the theoretical framework of Eagleton (2011), Foerste (2004), Forquin (1993), Freire (2011), Geertz (1989), Sacristan (2000), Williams (2011) and others to build the foundations of reflection of Education field of culture, curriculum and collaborative interagency. The research shows that the contribution of knowledge and peasant cultures for pedagogical praxis school constitutes an ongoing process articulated in / teaching practice in interaction with the subjects in the school and community. Puts in question the existence of two fronts pedagogical work: the first, sets the bridge between everyday knowledge and peasant cultures in the curriculum and practiced second front, occurs sporadically in the context of lessons. It can be argued that this situation is linked to the continuing education of teachers, according to data analyzed in the research process. Given this reality, realizes the need for continuing education for teachers working in the school field with a view to increasing research and collaborative practices in social contexts where it is the Field Education as praxis of dialogue
O estudo, vinculado à Linha de Pesquisa Cultura, Currículo e Formação de Educadores, do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Espírito Santo, e ao Grupo de Pesquisa Culturas, Parcerias e Educação do Campo, investiga como os saberes e culturas campesinas contribuem para a constituição do currículo da Escola Municipal de Ensino Fundamental Crubixá do município de Alfredo Chaves Espírito Santo. O estudo tem como objetivo geral conhecer como se configuram os saberes e culturas campesinas no currículo da escola. E especificamente analisa o currículo praticado e sua relação com a cultura não escolar. Discute os saberes e culturas da comunidade em interface com o currículo. A pesquisa de cunho qualitativo, com contribuições do estudo de caso, favoreceu a produção de práticas dialógicas com os sujeitos da pesquisa, com levantamento de dados a partir de diversas fontes, as quais incluem a análise documental, a observação do ambiente escolar e da práxis pedagógica do professor em sala de aula, entrevistas com os alunos, profissionais da escola e comunidade local. Recorre ao referencial teórico de Eagleton (2011), Foerste (2004), Forquin (1993), Freire (2011), Geertz (1989), Sacristán (2000), Williams (2011) entre outros para construir as bases de reflexão da Educação do Campo, da cultura, do currículo e trabalho colaborativo interinstitucional. A pesquisa demonstra que a contribuição dos saberes e culturas campesinas para a práxis pedagógica escolar se constitui em um processo permanente articulado na/da prática docente em interação com os sujeitos na escola e na comunidade. Coloca em análise a existência de duas frentes de trabalho pedagógico: a primeira, cotidianamente estabelece a ponte entre os saberes e culturas campesinas no currículo praticado e a segunda frente, se dá esporadicamente no contexto das aulas. Pode-se afirmar que essa situação vincula-se à formação continuada dos professores, conforme dados analisados no processo de investigação. Diante dessa realidade, percebe a necessidade de formação continuada para os professores que atuam na escola do campo com vista ao incremento de pesquisas e práticas colaborativas em contextos sociais onde se constitui a Educação do Campo como práxis do diálogo
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6062
Appears in Collections:PPGE - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Sonia Francisco Klein.pdf2.77 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.