Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6079
Title: O que pode um corpo? Movimentos desejantes na educação infantil : experiências de afetos no encontro da dança com crianças e funcionários de um CMEI
metadata.dc.creator: Silva, Giovana Barbosa da
Keywords: Corpo;Agenciamento;Dança;Currículo;Body;Agencement;Dance;Curriculum
Issue Date: 23-Sep-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: SILVA, Giovana Barbosa da. O que pode um corpo? Movimentos desejantes na educação infantil : experiências de afetos no encontro da dança com crianças e funcionários de um CMEI. 2013. 95 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2013.
Abstract: This research took place in a CMEI (Municipal Center for Early Childhood Education), in Vitória ES. It focused on cartographing/ following the movements of desire in the curriculum-thinking narratives crossed by agencements of bodies in dance, which mobilize the formation processes of Early Childhood Education in a CMEI. Such movements let us problematize what affection relations can do the (collective) body in the learning environment along trails of territorialization/deterritorialization dance. The research is composed by children s and professionals narratives among the dance movements that emerge in the CMEIs everyday life and also by the movement of the experience of mounting a musical play with the CMEI s professionals as a product of our meeting. Thus, we were allowed to pursue the ways in which the subjects mobilize the curriculum by the expression of desire, and question how they appropriate the experience of dancing to think the curriculum. Therefore, we emphasized the investigation of the contagious movement of bodies through dance. By doing so, we were able to realize the translations/updates in the curriculum that are produced by students and professionals from the CMEI. The research on stage, together with the children/ students and professionals of the CMEIs everyday life, revealed the variety of steps that choreograph the ballet of knowledge and practices which compose this education s curriculum. This imposes the need to put in evidence the alliances and inventions which emerge from the ways of being in school by means of effects of dance on the body, letting us notice, in the minuteness of the everyday life ballet, modes of affirmation of life, a curriculum that escapes the control of the instituted, and which is done in a potentially inventive, artistic, dancing, moving the desire, the thinking
Esta pesquisa foi realizada em um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) de Vitória ES. Teve como foco cartografar/acompanhar os movimentos do desejo, nas narrativas de um pensar-currículo, atravessados nos agenciamentos dos corpos com a dança e que mobilizam os processos de constituição da Educação Infantil em um CMEI. Esses movimentos nos permitiram problematizar o que podem as relações de afecto ao corpo (coletivo) nesse ambiente educacional, percorrendo as trilhas de territorialização/desterritorialização da dança. A pesquisa compõe-se pelas narrativas das crianças e profissionais em meio aos movimentos de dança que emergem no cotidiano do CMEI e pelo movimento de experienciar uma montagem de teatro-musical com os funcionários como fruto de nosso encontro. Dessa forma, foi-nos possibilitado perseguir os modos pelos quais esses sujeitos mobilizam o currículo pela expressão do desejo, e questionar como se apropriam da experiência com a dança para pensar o currículo. Priorizamos, assim, investigar o movimento de contágio dos corpos por meio da dança, para percebermos as traduções e atualizações do currículo que são produzidas pelos alunos e funcionários do CMEI. A pesquisa em cena, junto com as crianças-alunos e funcionários no cotidiano do CMEI, revelou a variedade dos passos que coreografam o bailado dos saberes e as práticas que compõem o currículo dessa educação, impondo-nos, assim, a necessidade de colocar em evidência as alianças e invenções que surgem das formas de ser e estar na escola, pelo encontro do corpo com a dança, permitindo- -nos perceber, nas miudezas do bailado cotidiano, modos de afirmação da vida, de um currículo que escapa ao controle do instituído e que se faz potencialmente inventivo, artístico, dançante, movimentando o desejo, o pensar
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6079
Appears in Collections:PPGE - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Giovana Barbosa da Silva.pdf6.46 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.