Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6138
Title: Pesquisa de vírus entéricos e indicadores bacterianos de poluição fecal na água e no sedimento em área de manguezal da Baía de Vitória (ES)
metadata.dc.creator: Martins, Sara Angelino
Keywords: Manguezal;Sedimento;Água;Vírus Entéricos;Coliformes termotolerantes;Nested-PCR;Mangrove;Sediment;Water;Enteric Viruses;Coliforms themotolerant;Nested-PCR
Issue Date: 10-Jun-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: MARTINS, Sara Angelino. Pesquisa de vírus entéricos e indicadores bacterianos de poluição fecal na água e no sedimento em área de manguezal da Baía de Vitória (ES). 2013. 112 f. Dissertação (Mestrado em Poluição do Ar, Recursos Hídricos, Saneamento Ambiental) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2013.
Abstract: A região da Ilha das Caieiras, na cidade de Vitória (ES) situa-se dentro de uma região estuarina na Baía de Vitória e encontra-se próxima a uma extensa área de manguezal. A população residente mantém relação de grande dependência com os recursos naturais oferecidos (ostras, mariscos) que são utilizados como fonte de subsistência e lazer. O manguezal da Ilha das Caieiras recebe esgoto in natura proveniente das áreas adjacentes, contaminando a água e os mariscos ali existentes. Além disso, os microrganismos que são lançados juntamente com o esgoto no ambiente costeiro podem ser acumulados no sedimento. O presente trabalho teve por objetivo pesquisar vírus entéricos e bactérias indicadoras de poluição fecal no sedimento e na água em três pontos do estuário (P1, P2 e P3) na área de manguezal, ao longo de 15 meses de monitoramento. Foram avaliadas um total de 45 amostras para presença de coliformes termotolerantes (CT), enterococos e vírus entéricos (adenovírus HAdV; rotavírus RVA; e norovírus NoV GII), utilizando-se a Nested-PCR. Também foram avaliados parâmetros físico-químicos da água próxima ao ponto de coleta do sedimento. As análises microbiológicas do sedimento apresentaram respectivamente as seguintes médias geométricas para enterococos: 1,5x103, 1,5x103 e 1,1x103 UFC/100g, coliformes termotolerantes: 4,9x102, 2,6x102, 5,1x102. Nas amostras de água os resultados encontrados para enterococos foram: 7,6x101, 5,0x101 e 1,1x102 e coliformes termotolerantes 2,2x102, 1,3x102, 3,0x102. As análises de vírus entéricos nas amostras de água apresentaram frequências de 20% para RV, 13% para AdV e 8,8% para NoV GII e nas amostras de sedimento somente NoV GII(4,5%) foi encontrado. A presença viral e bacteriológica nas amostras indica que esta região encontra-se sob impacto antropogênico, e que o sedimento proveniente do manguezal da Ilha das Caieiras pode atuar como reservatório de substâncias poluentes que ao serem liberadas para a coluna d agua podem causar doenças gastrointestinais às pessoas que utilizam essa área como fonte de subsistência e lazer
The region of the Ilha das Caieiras, in Vitória (ES) is located within an estuarine region in Vitoria Bay and is close to an extensive mangrove area. The resident population ratio remains highly dependent relationship on natural resources offered (oysters, clams) therefore used as a source of subsistence and recreation. The mangrove of Ilha das Caieiras receives sewage from adjacent areas, contaminating water and shellfish therein. In addition, microorganisms that are cast together with the sewage in the coastal environment can be accumulated in the sediment. This objective of this work was to investigate enteric viruses and bacterial indicators of fecal pollution in the sediment and water at three points of this estuary (P1, P2 and P3) mangrove area over 15 months of monitoring. We evaluated a total of 45 samples for the presence of thermotolerant coliform (TC), enterococci and enteric viruses (adenovirus - HAdV; rotavirus - RVA, and norovirus - NoV GII, using a nested PCR. We also evaluated the physico-chemical parameters of the water collection point next to the sediment. Microbiological analyzes of the sediment were respectively geometric mean for enterococci: 1.5 x103, 1.5 x103 and 1.1 x103 UFC/100g, thermotolerantes coliforms: 4.9 x103, 2.6 x102 and 5.1 x102. In water samples the results for enterococci were: 7.6 x101, 5.0 x101 and 1.1 x102 and themortolerants coliforms: 2.2 x102, 1.3 x102, and 3.0 x102. Analyses of enteric viruses in water samples showed frequencies of 20% for RV, 13% for AdV and 8.8% for NoV GII and sediment samples only NoV GII (4.5%) was found. The presence of the viral and bacteriological samples indicates that this region is under anthropogenic impact, and that the sediment from the mangrove of Ilha das Caieiras can act as a reservoir of pollutants that are released to the water column can cause gastrointestinal diseases the people who use this area as a source of livelihood and recreation
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6138
Appears in Collections:PPGEA - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Sara Angelino Martins.pdf1.63 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.