Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6187
Title: Contribuição à avaliação do nível de serviço de vias considerando emissão de poluentes e tempo de produção
metadata.dc.creator: Anselmo Neto, Leandro
Keywords: HCM;Nível de serviço;Custo do Tempo de Produção Pperdido;Emissão de poluentes;MCH;Service level;Cost of Lost Production Time;Pollutants emissions
Issue Date: 24-Nov-2010
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: ANSELMO NETO, Leandro. Contribuição à avaliação do nível de serviço de vias considerando emissão de poluentes e tempo de produção. 2010. 135 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2010.
Abstract: Este trabalho tem como objetivo propor uma metodologia para avaliação do nível de serviço das vias urbanas, de forma complementar ao método de classificação do Manual de Capacidade de Vias - HCM, multifaixas com adição de duas variáveis: emissão de poluentes e custo do tempo de produção perdido. Inicialmente,faz-se revisão bibliográfica sobre perda de tempo no trânsito, consequente poluição gerada e gerenciamento de demanda.Em seguida, discorre-se sobre a análise de vias e medidas de desempenho importantes para manutenção do padrão aceitável de fluidez e, também,sobre o procedimento para análise de capacidade e o cálculo do nível de serviço,usando o HCM. Considerando a importância da preservação do meio ambiente e do valor do tempo para a sociedade, no mundo moderno, propõese uma parte complementar valorizando-se as variáveis adicionadas, submetidas a métodos estatísticos, o que pode implicar num enquadramento variável de nível de serviço,isto é, uma reclassificação que constitui uma inovação da metodologia proposta. A partir de dados coletados em campo em instituições públicas e privadas, ensaiou-se esta metodologia para um dos acessos mais importantes da cidade de Vitória, que é a Ponte Darcy Castelo de Mendonça (3ª Ponte), que liga Vitória e Vila Velha e com capacidade prevista comprometida e alto custo de tempo de produção perdido. Após as análises dos resultados gerados no ensaio, corroborando com o HCM, inferiu-se que há perda de tempo de produção apenas em dois níveis - D,E, assim, decidiu-se calcular o respectivo custo e não considerá-lo estatisticamente na metodologia proposta. Já a emissão de poluentes, no caso do CO, observou-se ser relevante em todos os níveis - A,B,C,D,E, sendo aplicadas técnicas estatísticas multivariadas para proceder-se à reclassificação de 19% dos níveis calculados e julgados como prejudicados. Vale salientar que a metodologia proposta pode ser aplicada a qualquer via urbana
This paper aims to propose a methodology for assessing the level of service of urban roads, in a complementary manner to the method of Classification of the Manual of the routes Capacity - HCM, multitracks with the addition of two variables: the emission of pollutants and cost of lost production time. Initially, it is made a literature review on time loss, pollution generated by traffic and demand management. Then, we talk about the importance of track analysis and performance measures important to keep a track with an acceptable standard of fluidity, and also about the procedure for capacity analysis and the calculation of the level of service, using the HCM. Considering the importance of preserving the environment and the time value to society in the modern world, we propose a complementary part valuing the added variables, subjected to statistical methods, which may involve a background variable service level, ie, a reclassification that is an innovation of the proposed methodology. From the data collected in the field of public and private institutions, it was rehearsed this methodology for one of the most important accesses to the city of Victoria which is the Darcy Castelo de Mendonça Bridge (3ª Bridge) that links up Vitoria and Vila Velha and with compromised planned capacity and high cost of lost production time. After the analysis of the results generated in the test, corroborating with HCM, we inferred that there is loss of production time in two stages - D, E. Thus, it was decided to calculate the cost and not consider it statistically to reclassify the service level. The emission of pollutants - CO - was observed to be relevant at all levels - A, B, C, D, E, and it was applied multivaried statistical techniques to proceed the reclassification of 19% of the level calculated and judged as impaired. It is worth pointing out that the proposed methodology can be applied to any urban road
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6187
Appears in Collections:PPGEC - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Leandro Anselmo Neto.pdf941.59 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.