Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6258
Title: Análise dos estágios iniciais da corrosão do aço-carbono e aço patinável expostos em ambiente marinho-industrial e rural
metadata.dc.creator: Oliveira, Luciano Sacramento de
Keywords: aço;corrosão;ciência dos materiais;Mössbauer;espectroscopia;poluentes
Issue Date: 2-Sep-2002
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: OLIVEIRA, Luciano Sacramento de. Análise dos estágios iniciais da corrosão do aço-carbono e aço patinável expostos em ambiente marinho-industrial e rural. 2002. 115 f. Dissertação (Mestrado em Materiais e Processos de Fabricação; Mecânica dos Sólidos) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2002.
Abstract: ASTM A36 and ASTM A242 steel samples were exposed for 4 months in marineindustrial and rural sites. The meteorological conditions and the SO2, SO4 -2, Cl- and TSP concentrations were evaluated during all the research period. The corrosion products were characterized by x-ray difractometry and Mössbauer spectroscopy. The samples exposed in rural environment showed g-FeOOH and g-Fe2O3, while samples exposed in marine-industrial environment showed a-FeOOH and g-FeOOH. Corrosion rates and thickness losses were determined through mass loss essay. ASTM A36 mass loss was larger than ASTM A242 mass loss. Simple linear regressions were performed for mass loss in function of time and multiple linear regressions were performed in order to produce equations for corrosion rates in function of environmental parameters for ASTM A36 and ASTM A242 steels. It was verified that Cl- and SO4 -2 ions were the more influent factors in corrosion of samples exposed in marine- industrial environment. There must be a competitive adsortion process between Cl- and SO4 -2 ions for marineindustrial environment. For samples exposed in rural environment, it was verified that pollutants probably don t influence linearly their corrosion rates. Therefore, meteorological factors as humidity must be more important to corrosion of steel exposed in this environment.
Amostras de aço ASTM A36 e aço ASTM A242 foram expostas por 4 meses em locais de ambiente marinho-industrial e ambiente rural. Foram avaliadas as condições meteorológicas e as concentrações de SO2, SO4 -2, Cl- e PTS dos locais de estudo durante todo o período de amostragem. Os produtos de corrosão foram caracterizados pela difratometria de raios-x e espectroscopia Mössbauer. As amostras expostas no ambiente rural apresentaram g-FeOOH e g-Fe2O3, enquanto as amostras expostas em ambiente marinho- industrial apresentaram a-FeOOH e g-FeOOH. As taxas de corrosão e as perdas de espessura foram determinadas a partir de ensaios de perda de massa. A perda de massa do aço ASTM A36 foi maior que a perda de massa do aço ASTM A242 em todos locais de exposição. Foram efetuadas regressões lineares simples para a perda de massa em função do tempo e regressões lineares múltiplas para os equacionamentos das taxas de corrosão em função de parâmetros ambientais para o aço ASTM A36 e para o aço ASTM A242. Foi verificado que os fatores de maior influência para a corrosão das amostras expostas em ambiente marinho-industrial foram os íons Cl- e SO4 -2. Um possível processo de adsorção competitiva entre estes íons pode ocorrer no referido ambiente. Para as amostras expostas em ambiente rural, foi verificado que os poluentes provavelmente não influem linearmente nas suas taxas de corrosão. Portanto, fatores meteorológicos como umidade devem ter maior importância na corrosão do aço exposto neste ambiente.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6258
Appears in Collections:PPGEM - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Resumo.pdf34.3 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.