Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6267
Title: O real em sua fabulação: a herança nietzscheana na hermenêutica filosófico-religiosa de Gianni Vattimo
metadata.dc.creator: Uliana, Marcony Brandão
Keywords: Nilismo;Secularização;Hermenêutica
Issue Date: 25-Apr-2012
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: ULIANA, Marcony Brandão. O real em sua fabulação: a herança nietzscheana na hermenêutica filosófico-religiosa de Gianni Vattimo. 2012. 124 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2012.
Abstract: This work addresses the Nietzschean legacy in Gianni Vattimos philosophical and religious hermeneutics.This approach will be undertaken by following the thread of the Nietzschean understanding of the fabulation of the real and its implications in postmodern discourse ethics. We present as a fundamental characterization, to be outlined in the first chapter, the critique of the categories of modernity that are addressed to subjectivity and historicism, beyond its egress in art (with notions of the Dionysian and Apollonian).This egression will be carried out by tracing the nihilistic aspect of the will of power, namely its deconstructive capacity, finding a more successful form in the emancipatory project of the "beyond-the-human", at the core of which is decision-making as a moment of accepting responsibility. The second chapter will look at the relationship between secularization and Christianity and the role to be played by Christianity in the mediation of accomplished with caritas, in the Age of cultural conflicts, through caritas, in the Age of Interpretation. The third and final chapter will analyze the link between the understanding of the fabulation of the real at its nihilistic heart, and the characterization of a post-metaphysical ethics discourse
O presente trabalho aborda a herança nietzscheana na hermenêutica filosófico-religiosa de Gianni Vattimo. Esta abordagem dar-se-á seguindo o fio condutor da compreensão nietzscheana da fabulação do real e suas implicações no discurso pós-moderno da ética. Apresentaremos como caracterização fundamental, a ser delineada no primeiro capítulo, as críticas às categorias da modernidade, que se dirigem à subjetividade e ao historicismo, além da saída pela arte (com as noções de dionisíaco e apolíneo). Essa saída se dará tracejando o aspecto niilístico da vontade de poder, isto é, seu alcance desestruturante, encontrando uma forma mais acabada no projeto emancipativo do além-do-homem, cujo cerne repousa na decisão, com o momento de assunção de responsabilidade. No segundo capítulo, será abordada a relação entre secularização e cristianismo e o papel a ser desempenhado por este na mediação dos conflitos culturais, feita a partir da caritas, na Idade da Interpretação. O terceiro e último capítulo analisará o nexo entre a compreensão da fabulação do real, em seu núcleo niilístico, e a caracterização de um discurso ético pós-metafísico
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6267
Appears in Collections:PPGFIL - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marcony Brandao Uliana.pdf877.92 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.