Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6279
Title: A hermenêutica da arte em Hans-Georg Gadamer
metadata.dc.creator: Vasconcelos, Gustavo Caverzan
Keywords: Arte;Hermenêutica;Verdade;Facticidade;Apresentação;Art, Hermeneutics;Truth;Facticity;Presentation
Issue Date: 20-Aug-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: VASCONCELOS, Gustavo Caverzan. A hermenêutica da arte em Hans-Georg Gadamer. 2013. 130 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2013.
Abstract: It is intended to present the Hans-Georg Gadamer hermeneutics of art and his philosophical defense about the possibility of knowledge of the truth in the experience of dialogue lived by anyone that contemplates an artwork. It supports that it is possible highlighting, at first, the play concepts, of festival and symbol and then, the concepts of application and experience thought by Gadamer. In addition, it shows up how can we think the artwork as a image that presents, itself, a content of truth to the viewer, scoring the internal characteristics the way of being of the reproductive arts, statutory arts and literature. This way, it is observed the fundamental sense of participation of the people involved in the play of the art, namely, the artist creator, the representative agent and the viewer to finally show how the application of each one contribute to a significant development of the art hermeneutics. In that process, it stands out the importance of the contents legacy by the historical tradition and mobility in its facticity, to think about the hermeneutics exercises in accordance with the advent of the circumstantial truth in the presentation of the artwork
Pretende-se apresentar a hermenêutica da arte de Hans-Georg Gadamer e sua defesa filosófica sobre a possibilidade de conhecimento da verdade na experiência de diálogo vivida por aquele que contempla uma obra de arte. Sustenta-se que isso é possível destacando, num primeiro momento, os conceitos de jogo, de festa e de símbolo, e, em seguida, os conceitos de aplicação e de vivência pensados por Gadamer. Além disso, mostra-se como podemos pensar a obra de arte como imagem a apresentar, por si mesma, um conteúdo de verdade ao seu espectador, pontuando as especificidades internas do modo de ser das artes reprodutivas, das artes estatutárias e da literatura. Assim, observa-se o sentido fundamental da participação das pessoas envolvidas no jogo da arte, a saber, do artista criador, do mediador representativo e do espectador para, enfim, mostrar como a aplicação de cada um contribui para o desenvolvimento significativo da hermenêutica da arte. Nesse processo, destaca-se a importância dos conteúdos legados pela tradição e da mobilidade histórica em sua facticidade, para pensar o exercício hermenêutico em conformidade com o advento da verdade circunstancial na apresentação da obra de arte
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6279
Appears in Collections:PPGFIL - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gustavo Caverzan Vasconcelos.pdf1 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.