Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6334
Title: Sabemos a lo que vamos y que vale la pena : um estudo sobre a resistência zapatista à Globalização (1994-2008)
metadata.dc.creator: Santos, Claudia Faria Gomes dos
Keywords: Exército Zapatista de Libertação Nacional (México);Globalização;Movimento anti-globalização;Zapatista Army of National Liberation (Mexico);Globalization;Anti-globalization movement
Issue Date: 14-Aug-2012
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: SANTOS, Claudia Faria Gomes dos. Sabemos a lo que vamos y que vale la pena : um estudo sobre a resistência zapatista à Globalização (1994-2008). 2012. 143 f. Dissertação (Mestrado em História Social das Relações Políticas) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2012.
Abstract: Esta dissertação tem como tema a resistência de indígenas autodenominados zapatistas à imposição de uma nova ordem mundial que atualmente atende pelo nome de globalização. Como o próprio título sugere, trata-se de uma abordagem interessada em compreender a aposta desses indígenas, frente a um processo global que ameaça seus modos de vida e insiste em deixá-los à margem das riquezas que produz. O principal objetivo deste trabalho é examinar, por meio da análise de conteúdo de textos narrativos produzidos pelos zapatistas, a resistência (entendida aqui como uma forma de luta) desse grupo subalterno e seus modos de generalização. Dedicamo-nos, ainda, a demonstrar que não se trata de uma simples crítica à globalização, mas de uma forma de luta construída por um grupo minoritário que se revela no controle dos espaços, sejam eles físicos, simbólicos ou discursivos; no desenvolvimento de ações integrativas, por meio da aproximação com outros grupos e da interlocução com a sociedade civil; e, também, na construção de espaços de representação que implicam no reconhecimento e na recuperação de referenciais identitários (materiais e simbólicos), na ampliação da participação política, no exercício da autonomia e de governos autônomos segundo seus próprios códigos normativos e na construção e reelaboração de representações de si mesmos e do mundo. Enfim, uma luta que parte de um questionamento à globalização hegemônica, mas que caminha para uma transformação nas relações de poder, para que um novo mundo possa existir
This essay has as theme the resistance of indigenous people self designated Zapatistas to the imposition of a new world order that currently answers by the name of globalization. As the title itself suggests, it deals with an approach interested in understanding the bet of these indigenous people, before a global process that threatens their ways of living and insists on leaving them on the fringes of the wealth that is produced. The main objective of this work is to consider, by means of the analysis of content of narrative texts produced by the Zapatistas, the resistance (here understood as a way of fighting) of this subordinate group and its ways of generalization. We also dedicate ourselves to show that it is not a single criticism to globalization, but a way of fighting constructed by a minority group which reveals itself in the control of spaces, no matter physical, symbolic or discursive ones; in the development of integrative actions, by means of approaching to other groups and of interlocution with the civil society; and, as well, in the construction of spaces of representation that involve the recognition and the reclaim of the identity referential (material and symbolic), in the enlargement of the political participation, in the exercise of autonomy and of autonomous governments according to their own normative codes and in the construction and reworking of representations of themselves and of the world. Lastly, a fight that comes from an issue to the hegemonic globalization, but that marches to a transformation in the power relations, so as a new world can exist
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6334
Appears in Collections:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Claudia Faria Gomes dos Santos.pdf1.42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.