Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6514
Title: No limiar da incerteza: as relações e condições de trabalho dos assistentes sociais no Espírito Santo
metadata.dc.creator: Carletto, Adriana Estela Custódio
Keywords: Serviço Social;mercado de trabalho;relações de trabalho;condições de trabalho;Social Work;work market;work relations and conditions
Issue Date: 17-Jun-2008
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: CARLETTO, Adriana Estela Custódio. No limiar da incerteza: as relações e condições de trabalho dos assistentes sociais no Espírito Santo. 2008. 398 f. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Política Social) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2008.
Abstract: The present study aims at understanding how the changes taken place in the capitalistic society on a local, national and world basis has an impact on the social workers work relations and conditions from Espírito Santo between November 2006 and August 2007.In order to achieve this analysis, we have set this process of production and reproduction of social relations in the center of this debate presenting some of the necessary foundations to elucidate the work dilemmas and the sociability in a time of fetish capital. The concern which leads this study is to facilitate the understanding of this process as an unfinished, historical, complex and dense totality of contradictions. For the achievement of this study we have taken the research data ―The Work Market of Social Workers from Espirito Santo‖ as a base performed by CRSS/17ª Region with a partnership with the Federal University of Espírito Santo and Salesiana and UNIVILA Universities. Two-hundred and two social workers were interviewed, answering questions referred to five points of analysis: professional s profile, institutional insertion; work conditions and relations; professional practice; demands and social policies; militancy and participation. Among this set of questions, our priority was to trace an outline of conditions and relations of work in which the professional activity is performed, beyond the collective construction of history, searching to locate our particularities undertaken by the Social Work in our society. In the data analysis, our greatest challenge was to surpass the plan of immediateness and factualness and to gather theoretical, analytical and empirical substrates which permit to deepen and subsidize the analysis of our study project in the center of a historical process. Our concern was to identify how the Social Work takes part of the process of production and reproduction of social effective relations.
O presente estudo tem como objetivo compreender como as mudanças processadas na sociedade capitalista, em âmbito mundial, nacional e local, repercutem sobre as relações e condições de trabalho dos assistentes sociais no Espírito Santo, no período entre novembro de 2006 a agosto de 2007. A fim de realizar essa análise colocamos no centro desse debate o processo de produção e reprodução das relações sociais, apresentando alguns dos fundamentos necessários para elucidar os dilemas do trabalho e a sociabilidade em tempo de capital fetiche. A preocupação que move esse estudo é facilitar a compreensão desse processo enquanto totalidade histórica inacabada, complexa e densa de contradições. Para realizar esse estudo tomamos como base os dados da pesquisa ―Mercado de Trabalho dos Assistentes Sociais no Espírito Santo‖, realizada pelo CRESS/17ª Região em parceria com a Universidade Federal do Espírito Santo e as faculdades Salesiana e UNIVILA. Duzentos e dois assistentes sociais foram entrevistados, respondendo questões referentes a cinco eixos de análise: perfil do profissional; inserção institucional; relações e condições de trabalho; prática profissional, demandas e políticas sociais; e militância e participação. Dentre esse leque de questões nossa prioridade foi traçar um perfil das relações e condições de trabalho nas quais se realiza a atividade profissional. Para além da construção coletiva da história, buscamos situar as particularidades assumidas pelo Serviço Social na sociedade capixaba. Na análise dos dados nosso maior desafio foi ultrapassar o plano da imediaticidade e da facticidade e reunir substratos teóricos, analíticos e empíricos que permitissem adensar e subsidiar a análise do nosso objeto de estudo no interior de uma processualidade histórica. A nossa preocupação foi, sob a ótica da totalidade, identificar como o Serviço Social participa do processo de produção e reprodução das relações sociais vigentes.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6514
Appears in Collections:PPGPS - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Adriana Estela Custodio Carletto.pdf2.03 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.