Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6571
Title: Déficit hídrico no desenvolvimento inicial do cafeeiro conilon
Other Titles: Water deficit in the initial development conilon coffee
metadata.dc.creator: Rodrigues, Rogério Rangel
Keywords: Desenvolvimento inicial;Coffea canephora;Disponibilidade hídrica;Initial development;Coffea canephora;Water availability
Issue Date: 29-Jul-2013
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: RODRIGUES, Rogério Rangel. Water deficit in the initial development conilon coffee. 2013. 81 f. Dissertação (Mestrado em Fitotecnica; Recursos Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Alegre, 2013.
Abstract: O Espírito Santo apresenta condições climáticas favoráveis para o cultivo da espécie Coffea canéfora Pierre ex Froehner, porém, o risco climático, acarretado pelo déficit hídrico é considerado um dos principais fatores que limitam a exploração desta cultura. Assim, objetivou-se com este trabalho, estudar o efeito do déficit hídrico no solo no crescimento inicial de Coffea Canephora Pierre ex Froehner, variedade Robusta Tropical. Para este estudo, foram montados dois experimentos em vasos de 12 litros, em casa de vegetação, na área experimental do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Espírito Santo, localizada no município de Alegre-ES. Utilizando o conceito de fração de água transpirável no solo (FATS), o primeiro experimento foi constituído de dois tratamentos e quatro repetições, sendo os tratamentos com déficit (Td) e sem déficit (T0), sendo o déficit hídrico aplicado aos 30, 60 e 90 dias após plantio. O T0 foi irrigado diariamente, mantendo a umidade do solo próxima à umidade na capacidade de campo. No Td o déficit foi aplicado até as plantas atingirem 10% da transpiração relativa do tratamento T0. Utilizando o conceito de fração de água disponível no solo (FAD), o segundo experimento foi montado em um esquema de parcelas subdivididas 4 x 5, sendo nas parcelas quatro níveis de água disponível no solo (100, 50, 30 e 10%), e nas subparcelas cinco épocas de avaliações (1º, aos 30, 60, 90 e 120 dias após início dos tratamentos), em um delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições, sendo os tratamentos iniciados aos 30 dias após plantio. Os parâmetros avaliados foram: matéria da parte aérea fresca e seca, matéria do sistema radicular fresco e seco, altura das plantas, diâmetro do caule, área foliar, número de folhas, transpiração relativa e coeficiente de transpiração. Também foi avaliada a recuperação das plantas após déficit hídrico. Os resultados obtidos no primeiro experimento demonstraram que as reduções das variáveis ocorreram em valores mais baixos de FATS com os tratamentos aplicados aos 60 e 90 dias após plantio, em relação ao de 30 dias. As plantas apresentaram tendência de recuperarem-se após déficit hídrico, apresentando melhores resultados nos tratamentos aplicados aos 60 e 90 dias após plantio, em relação ao de 30 dias. Para o segundo experimento, os resultados obtidos demonstraram que os níveis de 100 e 50% da água disponível apresentaram resultados semelhantes para o desenvolvimento do cafeeiro, apresentando maiores reduções quando se utilizou 30 e 10% da água disponível. Para a maioria das variáveis avaliadas, o déficit hídrico por 30 dias não afetou a recuperação das plantas após déficit, não diferindo estatisticamente de 100% da água disponível. No entanto, com o prolongamento do déficit hídrico as plantas do cafeeiro tiveram a recuperação comprometida
The Espírito Santo has favorable climatic conditions for the cultivation of Coffea canephora Pierre ex Froehner, however, climate risk entailed by water deficit is considered one of the main factors limiting the exploitation of this culture. Thus, the aim of this work to study the effect of soil water deficit on the growth of Coffea canephora Pierre ex Froehner, Tropical Robusta variety. For this study, two experiments were mounted in 12-liter pots in the greenhouse, in the area of the Center of Agricultural Sciences of the Federal University of Espírito Santo, in the municipality of Alegre-ES. Using the concept of fraction of transpirable soil water (FTSW), the first experiment consisted of two treatments and four replications, and treatments with deficit (Td) and without deficit (T0), and water deficit applied at 30, 60 and 90 days after planting. The T0 was irrigated daily, keeping the soil moisture close to field capacity moisture. Td in the deficit was applied until the plants reach 10% of the relative transpiration treatment T0. Using the concept of fraction of available soil water (FAW), the second experiment was arranged in a split plot 4 x 5, and the plots four levels of available soil water (100, 50, 30 and 10%), and the subplot five assessment times (1, 30, 60, 90 and 120 days after initiation of treatment) in a completely randomized design with four replications, and treatments started 30 days after planting. The parameters evaluated were: matter of shoot fresh and dry matter of the root system cool and dry, plant height, stem diameter, leaf area, leaf number, relative transpiration and transpiration coefficient. We also evaluated the recovery of plants after drought. The results obtained in the first experiment demonstrated that the varying reductions occurred at lower values of FTSW with the treatments applied at 60 and 90 days after planting, compared to 30 days. Plants tended to recover after drought, with best results in treatments applied at 60 and 90 days after planting, compared to 30 days. For the second experiment, the results showed that levels of 100 and 50% of the available water showed similar results to the development of coffee, with greater reductions when using 30 and 10% of the available water. For most variables, the water deficit for 30 days did not affect the recovery of plants after deficit, not statistically different from 100% of the available water. However, with prolonged drought coffee plants have impaired recovery
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6571
Appears in Collections:PPGPV - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rogerio Rangel Rodrigues.pdf1.15 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.