Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6664
Title: Desenvolvimento moral: a generosidade sob a ótica de crianças e adolescentes
Other Titles: Moral Development: generosity under the optics of children and adolescents
metadata.dc.creator: Vale, Liana Gama do
Keywords: juízo moral;desenvolvimento;generosidade;moral judgment;development;generosity
Issue Date: 7-Jul-2006
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: VALE, Liana Gama do. Moral Development: generosity under the optics of children and adolescents. 2006. 145 f. Dissertação (Mestrado em Processos Psicossociais; Processos de Desenvolvimento; Psicologia Social e Saúde) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2006.
Abstract: Este estudo tem por objetivo investigar, em um contexto psicogenético, os juízos de crianças e adolescentes relacionados à generosidade e averiguar o lugar ocupado por essa virtude no universo moral dos participantes. Participaram desta pesquisa 30 alunos de uma escola pública do município de Vitória ES, com idades entre 7 e 13 anos, igualmente divididos quanto ao sexo. Realizamos entrevistas individuais de acordo com o método clínico proposto por Piaget (1926/s.d.; 1932/1994). Utilizamos como instrumentos histórias-dilema que abordam temas referentes à generosidade. Os resultados obtidos permitiram-nos verificar que, quando a generosidade é contraposta à satisfação do próprio interesse, a opção pela ação generosa predomina em todas as idades pesquisadas. Ao contrapormos a generosidade à obediência à autoridade, todavia, a opção pela obediência prevalece na idade de 7 anos e diminui nas faixas etárias seguintes. O tipo de vínculo ou a sua ausência influencia os juízos da maior parte dos participantes de todas as idades no que diz respeito à manifestação de generosidade para com o outro. Em todas as faixas etárias estudadas, a maioria dos entrevistados indica a conversa como conseqüência da ausência de generosidade, mas a porcentagem dessa resposta é menor na idade de 7 anos e aumenta no decorrer das demais faixas de idade investigadas. Podemos afirmar, portanto, que a generosidade faz parte do universo moral de crianças e adolescentes, que, embora considerem sua falta digna de reprovação em algumas situações, não indicam a punição como conseqüência dessa falta. Este trabalho contribui para a expansão do campo de pesquisas sobre a moralidade e oferece importantes subsídios para propostas de educação moral que contemplem virtudes como a generosidade.
In this case study, we investigated, on a psychogenetic context, the judgment of children and adolescents related to generosity and researched the place occupied by this virtue in the moral universe of the participants. Thirty (30) students of a public school from Vitória ES took part in this research, their age group varying between 7 and 13 years old, equally divided as to gender. We performed individual interviews according to the clinical method proposed by Piaget (1926/s.d.; 1932/1994). We used as instruments history-dilemmas that dealt with themes referring to generosity. The obtained results allowed us to verify that, when generosity was counter posed to the satisfaction of one s own interest, the option for the generous action was predominant in all the age groups researched. When counter posing generosity to the obedience of authority, however, the option for obedience prevailed in the age group of the seven years old and diminished on the following age groups. This type of link or the absence of it influenced the judgment of the majority of the participants of all ages as to what concerned the manifestation of generosity towards the other. In all age groups studied, the majority of the interviewed indicated conversation as a consequence of the absence of generosity, but the percentage of this answer is lower on the 7 years old group and increased on the other researched age groups. We could therefore affirm that generosity is a part of the moral universe of children and adolescents, who, although considering its lack in some situations worthy of disapproval, do not indicate punishment as a consequence for this flaw. This case study contributes for the expansion of the research field on morality and offer important subsidies for the proposals of moral education that might contemplate virtues such as generosity.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6664
Appears in Collections:PPGP - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DissertacaoLianaGdoVale.pdf486.75 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.