Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6676
Title: Os primórdios da amizade na infância: a visão das mães de crianças entre um e três anos
metadata.dc.creator: Silva, Glauce Reis da
Keywords: amizade-crianças;relações humanas na infância;mães
Issue Date: 14-Dec-2007
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: SILVA, Glauce Reis da. Os primórdios da amizade na infância: a visão das mães de crianças entre um e três anos. 2007. 102 f. Dissertação (Mestrado em Processos Psicossociais; Processos de Desenvolvimento; Psicologia Social e Saúde) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2007.
Abstract: The newborn infant personal relationships are usually restricted to the family setting, especially the mother. Over the years, friends will be part of the child universe and they will play an important role in their social life, in their emotional and cognitive development. Mothers play a central role in the social integration of their children, however, little is known about their role regarding their children s first friendships. Thus, this research aimed at investigating how mothers of children from one to three years old perceived and interfered in their children s first friendships. Twenty mothers living in Vitoria and Vila Velha, ES, have been interviewed. The data were organized and analyzed qualitatively. The investigated points were the following: the general aspects of friendship (concept and criteria for friendship, presence in the children life and negative aspects), friends network (number, sex, age, origin, the best friend and the relationship of friends parents with themselves), references to friends in their absence, shared activities and places of meeting, the profile of the first friend and the beginning of friendship (social and environmental aspects, historical origin and development of friendships), remarkable episodes and the facilitation of friendship by mothers. Most mothers acknowledged friendships in their children s life from the age of approximately 18 months. The first friends were children from the family, the neighborhood or a religious community to which the family belonged. Mothers participated actively in the first friendships of their children, enabling encounters, interpreting these relations and serving as mediators between their children interpersonal relationships and the socio-cultural structures.
O recém-nascido se relaciona com seus familiares, especialmente a mãe, de forma intensa e contínua. Com o passar dos anos, os amigos passarão a fazer parte do universo da criança e desempenharão um papel relevante em sua vida social, em seu desenvolvimento emocional e cognitivo. As mães desempenham um papel central na inserção social de seus filhos, contudo, pouco se conhece sobre seu papel em relação às primeiras amizades dos filhos. Desta forma, esta pesquisa visou investigar como as mães de crianças entre um e três anos percebiam e interferiam nas primeiras amizades de seus filhos. Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas, com base em um roteiro composto por 24 questões, com vinte mães residentes nos municípios de Vitória e Vila Velha, ES. Os dados foram organizados e analisados de modo qualitativo. Foram investigados os aspectos gerais da amizade (conceito e critérios de amizade, presença na vida da criança e seu lado negativo), a rede de amigos (número, sexo, idade, origem, o melhor amigo e a relação dos pais dos amigos entre si), referências aos amigos na sua ausência, atividades compartilhadas e locais de encontro, o perfil do primeiro amigo e o início da amizade (contexto social, ambiental, origem e desenvolvimento histórico das amizades), os episódios marcantes e a facilitação das amizades pelas mães. A maioria das mães reconheceu amizades dos filhos desde aproximadamente os 18 meses. Os primeiros amigos eram crianças da família, da vizinhança ou de alguma comunidade religiosa à qual a família pertencia. As mães participaram ativamente das primeiras amizades dos filhos, criando condições para que estas ocorressem, interpretando essas relações e servindo de mediadoras entre as relações interpessoais das crianças e as estruturas sócio-culturais.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6676
Appears in Collections:PPGP - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Os Primordios da Amizade na Infancia.pdf325.96 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.