Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6677
Title: Díades mediadas: a telefonia celular na amizade entre adolescentes
metadata.dc.creator: Anna, Hugo Cristo Sant
Keywords: telefonia celular;psicologia social;adolescencia;amizade
Issue Date: 30-Mar-2007
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: ANNA, Hugo Cristo Sant. Díades mediadas: a telefonia celular na amizade entre adolescentes. 2007. 122 f. Dissertação (Mestrado em Processos Psicossociais; Processos de Desenvolvimento; Psicologia Social e Saúde) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2007.
Abstract: This work investigated how adolescents perceive the role of the cell phone in their relationship with friends. Twenty adolescents (ten males and ten females) with ages ranging from 14 to 17 years old participated in this investigation. Data were collected using questionnaires and interviews about how adolescents use cell phones, as well as about the influence perceived of cell phone on their friendships, regarding some specific dimensions. Regarding the use of cell phones, a general profile was designed for the group, and genders have been compared. The aspects investigated and results obtained were the following: 1) Friends Network: there was a variation in the number and composition of the network, however participants pointed primordially changes in existing relationships; 2) Shared Activities (the cell phone influenced specially the planning of shared activities allowing a larger coordination of friends) and Communication (content related to planning and a higher intensity of communication); 3) Quality, Satisfaction and Commitment: the cell phone seems to affect friendship quality positively, creating the sensation of satisfaction and increasing the commitment with the relationship; 4) Intimacy and Closeness: the cell phone increases closeness with friends. Two aspects that appeared during the investigation were confidence (especially in the communication means) and new possibilities of social support. The relationship between the use of cell phones, as a technological form, and friendships in adolescence are discussed according to Robert Hinde s perspective. This way, dialectical relationships between the social-cultural environment (technology) which affects the physical environment (the cell phone itself) and personal relationships are proposed. By its turn, the use of cell phones between friends affects the development of information technology.
A presente pesquisa procurou investigar a percepção do papel da telefonia celular nas relações de amizades de adolescentes. Vinte adolescentes (dez do sexo masculino e dez do sexo feminino) com idades entre 14 e 17 anos participaram da pesquisa. Os dados foram coletados por meio de questionários e entrevistas acerca do uso do celular por estes adolescentes e a influência percebida do celular sobre suas amizades, em relação a algumas dimensões específicas. Quanto ao uso do celular, foi traçado um perfil geral para o grupo e uma comparação entre os gêneros. Os aspectos investigados e os resultados obtidos foram os seguintes. 1) Rede de Amigos houve variação no número e na composição da rede, apesar dos participantes apontarem primordialmente mudanças nas relações já existentes; 2) Atividades Compartilhadas (o celular influenciou especialmente o planejamento de atividades compartilhadas permitindo uma maior coordenação entre amigos) e Comunicação (conteúdo voltado para planejamento e maior intensidade de comunicação); 3) Qualidade, Satisfação e Compromisso (o celular parece pesar positivamente na qualidade da amizade, criando a sensação de satisfação e aumentando o compromisso com o relacionamento); 4) Intimidade e Proximidade (o celular aumenta a proximidade com os amigos). Dois aspectos que surgiram também foram a confiança (especialmente no meio de comunicação) e novas possibilidades de apoio social. São discutidas as relações entre o uso do telefone celular, como uma forma de tecnologia, e as relações de amizade na adolescência de acordo com a perspectiva de Robert Hinde. Desta forma, podem ser propostas relações dialéticas entre o ambiente sócio-cultural (tecnologia) que afeta o ambiente físico (o próprio aparelho) e o relacionamento interpessoal. Por sua vez, o próprio uso do celular entre amigos afeta o desenvolvimento da tecnologia da informação.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6677
Appears in Collections:PPGP - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DiADES MEDIADAS.pdf348.83 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.