Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6679
Title:  Casados para sempre : um estudo sobre casamento e família segundo a concepção de ambos os cônjuges de casais evangélicos neopentecostais
Other Titles:  Forever married : a study about marriage and family according to the conception of both spouses of New Pentecostal evangelic couples.
metadata.dc.creator: Evangelista, Mariane Ranzani Ciscon
Keywords: religião;casamento;família;identidade social;neopentecostalismo;religion;marriage;family;social identity;New Pentecostalism
Issue Date: 13-Mar-2009
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: EVANGELISTA, Mariane Ranzani Ciscon. Forever married : a study about marriage and family according to the conception of both spouses of New Pentecostal evangelic couples.. 2009. 152 f. Dissertação (Mestrado em Processos Psicossociais; Processos de Desenvolvimento; Psicologia Social e Saúde) - Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2009.
Abstract: Opções religiosas podem se traduzir em transformações comportamentais e conceituais em todas as esferas da vida de quem as faz. Pode resultar daí a redefinição de aspectos da identidade social em decorrência da filiação a um novo grupo. Pode resultar também de os relacionamentos interpessoais, especialmente com o cônjuge e com os filhos, passarem a ser vividos com mudanças expressivas. Conhecer, descrever e analisar concepções e práticas relativas aos temas interrelacionados da vida conjugal, constituição de família e projeto de vida de casais pertencentes a um grupo evangélico neopentecostal, bem como a compreensão do processo de formação identitária implicado, foi o objetivo do presente trabalho. Participaram da pesquisa dez casais com participação ativa em uma igreja neopentecostal. O tempo de casamento dos casais variou entre um e dez anos, e nem todos tinham filhos. A partir de um roteiro semi-estruturado, cada cônjuge foi entrevistado separadamente, respondendo sobre seu envolvimento com o grupo religioso, seu relacionamento conjugal e com os filhos, e seus planos para o futuro. Os dados foram submetidos a procedimento de análise de conteúdo, organizados através do software QSR. Os resultados mostraram que a opção feita por um novo grupo religioso acarretou mudanças em termos de identidade social que influenciaram as concepções e as práticas dos participantes em relação às pessoas com as quais convivem, especialmente com cônjuges e filhos. O relacionamento conjugal passou a ser compreendido e vivido como indissolúvel, com o que aumentou a disposição para administrar os conflitos que surgem no relacionamento, para perdoar, e para renunciar a determinadas ações e concepções em benefício da relação. Os relatos evidenciaram satisfação com a opção religiosa e com a relação conjugal que estão vivendo, apesar da menção de alguma questão não satisfatória para cada casal. Constatou-se que papéis tradicionais de gênero estão presentes na realidade dos casais participantes, em aparente processo de transformação para alguns deles. A decisão de ter filhos, ou de ter mais filhos, revelou-se mais influenciada por aspectos práticos e econômicos, ou seja, de prioridade momentânea em relação às atividades em que os cônjuges estão desenvolvendo, do que pelo envolvimento religioso.
Religious choices may translate into behavioral and conceptual transformations on all levels of the life of the decision maker. A redefinition of aspects of the social identity may result therefrom, as a consequence of the affiliation to a new group. It may also result that interpersonal relationships suffer expressive changes in the way they are lived, specially the relationships with the spouse and children. The objective of this work was to identify, describe and analyze conceptions and practices relative to the interrelated themes of conjugal life, family building, and life project of couples pertaining to a New Pentecostal evangelic group, as well as the comprehension of the implied identitary formation process. Ten couples with active participation in a New Pentecostal church participated on the research. The time elapsed since marriage varied between one and ten years, and not all of the couples had children. Using a semi-structured script, each spouse was interviewed separately, answering about his/her involvement with the religious group, his/her conjugal relationship and relationship with the children, and plans for the future. The data were organized through QSR N6 software and submitted to a content analysis procedure. The results showed that the choice made of a new religious group brought changes on social identity that influenced the interviewees conceptions and practices with respect to people with whom they live, specially towards the spouse and children. The conjugal relationship started to be understood and lived as indissoluble, thus increasing the disposition to administrate the conflicts that appear in the relationship, to forgive, and to renounce to determinate actions and conceptions for the benefit of the relationship. The reports evidenced satisfaction with the religious choice and with the conjugal relationship, few aspects being mentioned with respect to which there is some difficulty. It was found that traditional gender roles are present for the participant couples, in an apparent transformation process for some of them. The decision to have children, or to have more children, was found more influenced by practical and economical aspects, i.e., more on a current priority with respect to the spouses activities, than by the religious involvement.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6679
Appears in Collections:PPGP - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
�CASADOS PARA SEMPRE�.pdf1 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.