Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/669
Title: Mulheres (in)subordinadas : o empoderamento feminino e suas repercussões nas ocorrências de violência conjugal
Other Titles: (In)Subordinated women : feminine empowerment and its repercussions on marital violence occurrences
metadata.dc.creator: Cortez, Mirian Béccheri
Souza, Lídio de
Keywords: Violência conjugal;Esposas;Pessoas casadas;Conjugal violence;Wives;Married people
Issue Date: Apr-2008
Citation: CORTEZ, Mirian Béccheri; SOUZA, Lídio de. Mulheres (in)subordinadas: o empoderamento feminino e suas repercussões nas ocorrências de violência conjugal. Psic.: Teor. e Pesq., Brasília, v. 24, n. 2, p. 171-180, abr./jun. 2008. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ptp/v24n2/05.pdf>. Acesso em: 20 abr. 2011.
Abstract: Neste trabalho, explora-se o modo como a compreensão e o desempenho dos papéis de gênero se relacionam às ocorrências de violência (física, psicológica e sexual) dos maridos contra as esposas. Quatro mulheres que apresentaram queixa na Delegacia de Defesa da Mulher contra as agressões físicas perpetradas por seus parceiros e que conviviam com eles foram entrevistadas utilizando-se um roteiro de entrevista, que recolheu dados pessoais e informações a respeito das concepções sobre homem, mulher e relacionamento conjugal/afetivo. As entrevistas foram processadas pelo software Alceste, sendo a Análise de Conteúdo utilizada para complementar a análise. Os dados revelam a coexistência de concepções tradicionais de gênero com ações de insubordinação dessas mulheres (trabalho assalariado, amizades, questionamento da vida sexual). Esses aspectos, sinalizadores do empoderamento das mulheres, relacionam-se à agressividade dos parceiros que, excluídos dos debates feministas e buscando proteger sua masculinidade, usam a violência para suprimir as manifestações femininas de poder.
ABSTRACT On this article, the effects of gendering conception and gender roles practices on violence (physical, psychological and sexual) against spouses are explored. Four women that had registered declaration of suffering physical abuse from their partners and that still live with them were interview based on a script with search for personal data and information about marital relationship, men and women conceptions. Interviews were submitted to Alceste software, that was the Content Analysis used as a complementary method analysis. Data show that gendering traditional conceptions and insubordination acts share places (such as paid work, friendships, and judgments about sexual life). These aspects, signal of women empowerment, are related to partners' aggressiveness, which were excluded of feminist debates and are trying to protect their masculinity by using violence to suppress feminine manifestations of power.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/669
ISSN: 0102-3772
Appears in Collections:DPSO - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
05.pdf110.6 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons