Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6784
Title: Estudo epidemiológico molecular de casos de recidiva de tuberculose na região metropolitana de Vitória - Espírito Santo
metadata.dc.creator: Dettoni, Valdério do Valle
Keywords: Tuberculose - Epidemiologia - Vitória, Região Metropolitana de (ES);Epidemias - Vitória, Região Metropolitana de (ES);Biologia molecular;Doenças transmissíveis - Vitória, Região Metropolitana de (ES)
Issue Date: 19-Dec-2005
Abstract: A tuberculose (TB) é doença infecto-contagiosa de distribuição mundial com taxas de incidência e mortalidade variáveis, mais elevadas nos países em desenvolvimento e nas populações menos favorecidas do ponto de vista sócioeconômico. Embora o tratamento seja eficaz, a recidiva da doença após cura ou abandono de tratamento anterior pode acontecer em decorrência de reativação de focos de bacilos latentes no organismo ou por uma nova infecção, e constitui fator de agravamento das condições epidemiológicas pelo aumento da morbidade e do risco de infecção na população. No Brasil há poucos estudos sobre recidiva, e nenhum deles avaliou a importância da re-infecção pelo M. tuberculosis como agente de incremento na recorrência da TB. Com o objetivo de identificar fatores relacionados com a recidiva, e avaliar a ocorrência de re-infecção, utilizou-se de estudo descritivo dos dados encontrados em prontuário de 29 pacientes com recidiva tratados em um serviço Universitário de Referência Estadual, em região de incidência intermediária de tuberculose. Os pacientes foram divididos em 2 grupos de acordo com critérios clínicos e bacteriológicos. Mediante procedimento de biologia molecular (RFLP) e testes de sensibilidade foi realizado estudo comparativo de 85 cepas de M. tuberculosis, referentes a dois episódios sucessivos de tuberculose em cada paciente. Devido ao reduzido tamanho da amostra não foi realizada avaliação de significado estatístico, porém os resultados obtidos mostram frequência de recidiva mais elevada no nosso meio do que a citada como aceitável na literatura médica, e sugere sua relação com fatores diversos, ressaltando-se a coinfecção com HIV e outras co-morbidades. Foi identificada a ocorrência de reinfecção em 4 casos, três dos quais co-infectados com HIV, dois deles com multirresistência às drogas anti-tuberculose adquirida por re-infecção. Conclui-se que a recidiva da tuberculose ocorre no nosso meio segundo frequência elevada, estando relacionada com diversos fatores, entre eles a re-infecção, e que pode ser responsável pela transmissão de cepas de M. tuberculosis multirresistente, principalmente nos pacientes co-infectados com HIV. Para a definição do significado desses achados há necessidade de estudos mais detalhados com a finalidade de se estabelecer medidas mais efetivas de controle.
Tuberculosis is an infectious disease distributed throughout the world, transmitted by the respiratory route, with variable incidence and mortality rates related to socioeconomic status of the countries, being higher in low income countries. In spite of the effective therapy, recurrence of the disease can occur after cure or default, due to relapse or reinfection, worsening the disease load and increasing the annual risk of infection and the mortality and morbidity rates. In Brazil, there are few studies about tuberculosis recurrence. In relation to the role of reinfection as a factor contributing to recurrence, there are no studies in our country. In order to identify factors related to tuberculosis recurrence and evaluate the frequency of reinfection, we present a description of the epidemiological characteristics of 29 patients with TB recurrence treated in an outpatient reference clinic located in an intermediate incidence rate region. Patients were divided in 2 groups according to clinical and bacteriological criteria. A total of 85 M. tuberculosis strains, isolated of clinical specimens collected from these patients in two successive episodes of disease, were compared by the RFLP methodology and drug susceptibility tests. Due to the small number of patients included in this study, it was not possible to evaluate the statistical significance of the results. However, the results suggest a recurrence rate higher than the rate considered acceptable in the medical literature. Several factors are supposed to be related to tuberculosis recurrence, particularly HIV coinfection and other co-morbidities. Reinfection was detected in four patients. Among these, three were HIV co-infected of whom two had reinfection acquired multidrug resistance. Therefore, it is concluded that tuberculosis recurrence has a high frequency in this brazilian region. This is related to several factors, including the reinfection mechanism, which may be responsible for the transmission of multidrug resistance particularly in HIV co-infected patients. This fact requires more comprehensive studies in order to find more effective control measures of this disease.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6784
Appears in Collections:PPGDI - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao Valderio do Valle.pdf1.79 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons