Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6882
Title: Migração no município de Serra-ES no período de 2000 a 2010 : uma análise a partir dos microdados dos censos demográficos do IBGE
metadata.dc.creator: Nascimento, Alexandre Holanda
Keywords: Migração;Fluxos populacionais;Data-fixa;Migrantes antigos;Serra (ES);Região Metropolitana da Grande Vitória (RMGV)
Issue Date: 30-Aug-2017
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Abstract: Trata da migração no município de Serra (ES) nas décadas de 2000 e 2010 a partir dos microdados dos Censos Demográficos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) considerando como critério de análise os migrantes data fixa (residência anterior nos últimos cinco anos à data de referência do censo), migrantes antigos (pessoas residentes a mais de cinco anos no município à data de referência do censo) e os não migrantes (pessoas residentes nascidas e que sempre moraram no município). Tem como objetivo geral compreender o processo de (re)distribuição espacial e destacar as principais características de migração, do migrante e de habitação deste, fundamentado na perspectiva demográfica, concebendo como critério de análise o viés geográfico, histórico, econômico e social; e com isso, contribuir com o avanço do entendimento da importância da migração na dinâmica demográfica e na configuração espacial da área supracitada e os principais fatores condicionantes dessa. Nesse sentido, partiu-se das teorias demográficas sobre migração, de modo a compreender os principais fatores desencadeadores, limitadores e as principais consequências do movimento migratório. Além disso, consideraram-se referenciais teóricos selecionados sobre a constituição da Região Metropolitana da Grande Vitória (RMGV) e de Serra, sobressaindo os fatores econômicos, urbanos, sociais e geográficos, posicionando a análise no contexto histórico num passado recente e na contemporaneidade. Além disso, no intento de compreender melhor essas questões lançou-se mão de uma metodologia estatística, não só, mas, diretamente e principalmente relacionada às migrações, nas variáveis consideradas nesta pesquisa, mas, também, à demografia de maneira geral, especificamente sobre a natalidade e a mortalidade. Diante disso, concluiu-se que as migrações em Serra data fixa e migrantes antigos, tiveram como principais motivadores, fatores de ordem econômica em âmbito municipal, metropolitano e estadual e que foram fundamentais para o crescimento urbano e econômico nessas três esferas político-administrativas. Além disso, constatou-se que as atividades do setor de serviços, indústria e comércio, respectivamente, são as que mais absorvem esses migrantes e que as condições habitacionais dessa população, estão, de maneira geral, em consonância com o que se entende internacionalmente por condições adequadas de habitação
This work investigates migration in Serra in the period 2000 - 2010. Microdata from the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE) were used in the criteria analysis and includes fixed-date migrants (those who declared their different towns of residence on the specific date of each census as compared to five years earlier), ancient migrants (those who lived for more than five years at the time of the census) and non-migrants (those who have always lived in the area). Aims at understanding the spatial redistribution and highlighting the main characteristics of migration, migrants their housings as well. Grounded on demographic perspective, this study encompasses geographic, historic and economic bias in its criteria analysis. It is thus, a contribution to the advance in understanding the impacts of migration towards demographic dynamics, spatial configuration of the researched area and its mains conditioning factors. Demography theoretical references were used to carry out the research in order to understand contributing and limiting factors and the main characteristics of migration. Provided that, theoretical references have been selected taking into consideration the constitution of Grande Vitória and Serra Metropolitan Regions (RMGV), and gives special emphasis to economic, urban, social and geographic factors, in an attempt to provide with a historical-contextualized analysis with recent past and contemporaneity. Furthermore, in an attempt to deepen the understanding such questions, statistics methodology has been adopted specially in relation to migrations and its variables, and also in reference to demography in general terms, most notably to natality and mortality rates. Concludes that the main reasons for both fixed date and ancient migrants in Serra are due to financial issues in municipal, state and metropolitan spheres and that migration was relevant for urban and economic growth in such spheres. It also concludes that service sector, industry and business were, respectively, the fields that most employed migrants and that their housing conditions are, in general terms, similar to the ones considered adequate internationally
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/6882
Appears in Collections:PPGGEO - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_11437_Disserta__o de mestrado V. 7.0 - FINAL.pdf3.15 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.