Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7206
Title: INTERSETORIALIDADE, DESCENTRALIZAÇÃO E EMPREENDEDORISMO NA GESTÃO PÚBLICA DE ESPORTE E LAZER NO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO
metadata.dc.creator: SILVA, D. S.
Keywords: Administração pública;Política Pública;Esportes;Lazer
Issue Date: 1-Feb-2012
Publisher: Universidade Federal do Espírito Santo
Citation: SILVA, D. S., INTERSETORIALIDADE, DESCENTRALIZAÇÃO E EMPREENDEDORISMO NA GESTÃO PÚBLICA DE ESPORTE E LAZER NO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO
Abstract: O objetivo da presente pesquisa é investigar e discutir a gestão pública estadual de esporte e lazer no Estado do Espírito Santo, com foco nos princípios de intersetorialidade, descentralização e empreendedorismo das ações políticas, bem como verificar (in)existência de democratização e inovação na gestão pública. Trata-se de uma pesquisa descritiva-interpretativa, com abordagem qualitativa, que foi desenvolvida em três etapas: no primeiro momento foi realizado um levantamento bibliográfico, na segunda fase foi realizada a análise documental dos documentos oficiais da Sesport, Plano de Desenvolvimento ES 2025 e Diário Oficial do Espírito Santo; e na última etapa foi realizada entrevistas semiestruturadas com gestores da Sesport. Para tabulação dos dados, a técnica utilizada foi à análise de conteúdo, que permite realizar um recorte dos textos de acordo com os conteúdos mais significativos, para o posterior agrupamento e categorização das unidades de respostas. Constatou-se que o Estado do Espírito Santo via Sesport tem desenvolvido uma gestão pública gerencial, com perspectivas neoliberais e foco nos resultados. Foram evidenciados indícios de intersetorialidade, descentralização e empreendedorismo de forma simplória e incipiente, com intuito apenas de melhorar a eficiência e eficácia da gestão pública, em vista do desenvolvimento econômico. Em nenhum momento, as categorias intersetorialidade, descentralização e empreendedorismo são mencionados e utilizados como elementos de democratização das ações, acesso aos direitos, cidadania, minimização das desigualdades, resolução de problemas e inclusão social. Por fim, verificou-se que a Sesport priorizou a dimensão de esporte de rendimento, com o objetivo de fortalecer a identidade do capixaba e melhorar a imagem do Estado, estabelecendo como secundárias as dimensões de esporte educacional e participação
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7206
Appears in Collections:PPGEF - Dissertações de mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_5348_DIRCEU_SANTOS_SILVA_DISSERTAÇÃO UFES.pdf1.43 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.